Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Comissão Europeia espera que Bolsonaro possa "consolidar a democracia"

Bruxelas reage com prudência à eleição do novo presidente do Brasil.
Lusa 29 de Outubro de 2018 às 12:05
Presidente do Concelho Europeu, Donald Tusk, fala com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker
O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker
Jean-Claude Juncker e Donald Tusk deixam uma garantia: 'Nunca vamos esquecer a catástrofe da Segunda Guerra Mundial'
Presidente do Concelho Europeu, Donald Tusk, fala com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker
O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker
Jean-Claude Juncker e Donald Tusk deixam uma garantia: 'Nunca vamos esquecer a catástrofe da Segunda Guerra Mundial'
Presidente do Concelho Europeu, Donald Tusk, fala com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker
O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker
Jean-Claude Juncker e Donald Tusk deixam uma garantia: 'Nunca vamos esquecer a catástrofe da Segunda Guerra Mundial'

A Comissão Europeia disse esta segunda-feira, numa primeira reação à vitória de Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais de domingo, esperar que o Presidente eleito "trabalhe para consolidar a democracia", considerando que "o Brasil é um país democrático, com instituições sólidas".

Na conferência de imprensa diária do executivo comunitário, e perante várias questões sobre a eleição de um candidato da extrema-direita para a presidência do Brasil, a porta-voz Natasha Bertaud indicou que a posição oficial da União Europeia será conhecida em breve, numa carta de felicitações dirigida a Bolsonaro pelos presidentes da Comissão, Jean-Claude Juncker, e do Conselho Europeu, Donald Tusk, "tal como é prática comum", escusando-se "a especular" sobre o seu conteúdo.

"Não quero antecipar o conteúdo de uma carta que ainda não foi assinada, pelo que não vou especular sobre o mesmo. Em termos gerais, o que posso dizer é que nós respeitamos a escolha democrática do povo brasileiro. O Brasil é um país democrático, com instituições sólidas, e nós esperamos de qualquer futuro Presidente do país que trabalhe para consolidar a democracia, em benefício do povo brasileiro", disse.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)