Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

EUA reforçam buscas por Joseph Kony

Washington oferece 3,6 milhões de euros pela captura do líder de milícia procurado internacionalmente.
24 de Março de 2014 às 13:55

Os Estados Unidos vão enviar reforços para o Uganda de forma a reforçar as buscas por Joseph Kony, líder do Exército de Resistência do Senhor (LRA), procurado pelo Tribunal Penal Internacional e pelos norte-americanos.

 

Pelo menos quatro aviões de transporte e aviões de reabastecimento, assim como 150 soldados das forças especiais devem chegar ao Uganda a meio da semana, anunciou hoje o porta-voz do Pentágono, o coronel Steven Warren, à agência France Presse.

 

O Presidente norte-americano, Barack Obama, já enviou, desde outubro de 2011, 100 soldados das forças especiais para ajudar na procura de Kony.

As forças norte-americanas dão apoio às ugandesas na busca de Joseph Kony, responsável, segundo a ONU, pela morte de mais de 100 mil pessoas nos últimos 25 anos.

 

Washington oferece cinco milhões de dólares, cerca de 3,6 milhões de euros, pela captura do líder do LRA.

 

Kony e dois outros dirigentes da milícia são procurados pelo Tribunal Penal Internacional desde 2005 por crimes de guerra e contra a humanidade. Os rebeldes do LRA são conhecidos por pilhagens, violações, mutilações, assassínios e recrutamento forçado de crianças, como soldados e como escravas sexuais.

 

Nos últimos anos, a perseguição ao LRA levou os rebeldes a abandonarem o Uganda e a refugiarem-se nas florestas de difícil acesso da República Centro-Africana, no nordeste da República Democrática do Congo e no Sudão do Sul.

Uganda EUA Buscas Reforço Kony
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)