Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Grécia: saída da zona euro "parece quase inevitável"

Ministro das Finanças austríaco diz que "a Grécia é a única responsável por um fracasso das negociações".
Lusa 28 de Junho de 2015 às 09:34
Hans Joerg Schelling, ministro das Finanças austríaco
Hans Joerg Schelling, ministro das Finanças austríaco FOTO: Heinz-Peter Bader/Reuters

O ministro das Finanças austríaco afirmou este domingo que a saída da Grécia da zona euro "parece quase inevitável", após a recusa dos ministros das Finanças do Eurogrupo em prolongar o programa de assistência grego.

"A Grécia é a única responsável por um fracasso das negociações", advertiu Hans Jorg Schelling em entrevista ao diário austríaco Die Presse.

O Eurogrupo recusou, no sábado, conceder mais dias à Grécia para realizar um referendo a 5 de julho, para que o povo grego diga se aceita ou não as condições dos credores internacionais para um acordo com Atenas.

Grécia Eurogrupo ministro finanças austríaco Áustria Hans Jorg Schelling Die Presse
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)