Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Greve de quarta-feira na Infraestruturas de Portugal com serviços mínimos definidos

Decisão do tribunal arbitral sobre o protesto marcado por 14 organizações sindicais.
Lusa 29 de Outubro de 2018 às 10:40
Infraestruturas de Portugal
Infraestruturas de Portugal
Infraestruturas de Portugal
Infraestruturas de Portugal
Infraestruturas de Portugal
Infraestruturas de Portugal
Infraestruturas de Portugal
Infraestruturas de Portugal
Infraestruturas de Portugal

A greve de quarta-feira na IP-Infraestruturas de Portugal terá os serviços mínimos definidos legalmente, segundo decisão do tribunal arbitral sobre o protesto marcado por 14 organizações sindicais.

Depois de apresentados os argumentos da empresa e dos sindicatos, o tribunal decidiu estarem abrangidos, nos serviços mínimos, os encaminhamentos para o destino de comboios a circular ao início da greve, os comboios socorro e aqueles que transportem matérias perigosas, 'jet fuel', carvão e bens perecíveis.

Na reunião para determinar os serviços mínimos, que decorreu na sexta-feira, a IP apresentou a ata de reunião da Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho, na qual dois sindicatos (ASCEF e SINFA) tinham concordado com a proposta apresentada pela empresa de 25% de serviços mínimos.

ASCEF IP-Infraestruturas Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho Portugal SINFA SINFA trabalho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)