Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Jardim Gonçalves defende fusão entre BCP e BPI

O antigo presidente do BCP afirmou que assim se formaria "uma instituição financeira de peso".
Lusa 23 de Abril de 2015 às 21:04
Jardim Gonçalves esteve num encontro organizado pelo Fórum de Administradores de Empresas
Jardim Gonçalves esteve num encontro organizado pelo Fórum de Administradores de Empresas FOTO: Duarte Roriz

O antigo presidente do BCP, Jorge Jardim Gonçalves, defendeu, esta quinta-feira, durante um encontro de gestores que o grupo financeiro se deveria fundir com o BPI, para os dois formarem "uma instituição financeira de peso".

"Defendo a fusão [entre os dois bancos] e fui espontâneo, ninguém me deu recado", comentou em declarações à Lusa, no final de um encontro organizado pelo Fórum de Administradores de Empresas, no auditório da SRS, em Lisboa.

"Entendo que uma instituição só se projeta no mundo e só é útil ao seu país de origem quando efetivamente tem acionistas de referência mas não dominantes", acrescentou Jardim Gonçalves, referindo que juntando os dois bancos, "há lugar para os acionistas que são importantes permanecerem e para esta instituição que é de Portugal, internacionalmente, dar oportunidade para emprego qualificado a portugueses e não portugueses".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)