Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Marcelo só se pronuncia sobre o Orçamento depois de ver o "panorama global das novidades"

"Neste momento o que temos é algumas peças do quadro", diz o presidente, que fica à espera do debate na especialidade.
30 de Outubro de 2018 às 12:15
Marcelo Rebelo de Sousa emitiu um comunicado na segunda-feira à noite, no qual dizia que Mário Centeno se mantém em funções, atendendo ao “interesse nacional”
Marcelo desaconselha 'perplexidades e incertezas' na educação, saúde e Segurança Social
Marcelo Rebelo de Sousa, Lisboa, Presidente da República
Marcelo Rebelo de Sousa emitiu um comunicado na segunda-feira à noite, no qual dizia que Mário Centeno se mantém em funções, atendendo ao “interesse nacional”
Marcelo desaconselha 'perplexidades e incertezas' na educação, saúde e Segurança Social
Marcelo Rebelo de Sousa, Lisboa, Presidente da República
Marcelo Rebelo de Sousa emitiu um comunicado na segunda-feira à noite, no qual dizia que Mário Centeno se mantém em funções, atendendo ao “interesse nacional”
Marcelo desaconselha 'perplexidades e incertezas' na educação, saúde e Segurança Social
Marcelo Rebelo de Sousa, Lisboa, Presidente da República
O Presidente da República reiterou esta terça-feia que vai esperar pelo fim do debate na especialidade para se pronunciar sobre o Orçamento do Estado para 2019, sublinhando que quer esperar para ver "o panorama global das novidades".

"Vou esperar até à votação na especialidade porque já percebi que há muitas novidades de percurso. Sabendo que o que é fundamental é que o orçamento vai ser aprovado, agora a única dúvida é saber em pormenor o que há de novidades. Elas vão caindo uma a uma, aparecendo uma a uma na generalidade e hão de aparecer outras na especialidade, vamos esperar para ver o panorama global das novidades", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

Questionado pelos jornalistas se concorda com o ministro das Finanças que afirmou que este é um orçamento de "enorme alívio fiscal", o chefe de Estado insistiu que só se irá pronunciar quando conhecer o quadro global.

"Eu só posso pronunciar-me quando tiver o quadro todo. Neste momento o que temos é algumas peças do quadro, o quadro todo só se vai ter depois das longas e sempre muito animadas discussões na especialidade", sublinhou.

O Presidente da República falava à margem do Congresso promovido pela União Internacional de Advogados que debate hoje, na Alfandega do Porto, o papel dos advogados na luta contra a escravatura dos tempos modernos e a prática da advocacia na era digital.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)