Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Presidente do Brasil diz que se filho errou vai ter que pagar pelos seus atos

Lusa 23 de Janeiro de 2019 às 15:02

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse hoje, em Davos, na Suíça, que se o seu filho e senador eleito Flávio Bolsonaro "errou vai ter que pagar o preço pelos seus atos", referindo-se a um escândalo de pagamentos atípicos.

"Se por acaso ele errou e isso for provado, lamento como pai, mas ele terá de pagar o preço por esses atos, que não podemos aceitar", afirmou Bolsonaro, numa entrevista à Bloomberg, em Davos, na Suíça, onde participou no Fórum Económico Mundial.

O chefe de Estado falava sobre os desdobramentos de um relatório do Conselho de Controlo de Atividades Financeiras (Coaf), órgão público brasileiro que fiscaliza transações financeiras, que em dezembro passado detetou as movimentações atípicas nas contas de um ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz.