Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Três pessoas mortas a tiro em duas comunidades judaicas do Kansas

A polícia deteve um homem em Overland Park, que gritou "Heil Hitler", enquanto era levado pelos agentes.
13 de Abril de 2014 às 23:13

Pelo menos três pessoas foram hoje mortas a tiro, em incidentes separados, num centro comunitário e num lar de idosos judaicos, em Kansas City, noticiaram meios de comunicação social norte-americanos.

A polícia deteve um homem em Overland Park, que gritou "Heil Hitler", enquanto era levado pelos agentes, indicou a cadeia de televisão local KSHB, filial da NBC.

O rabino Herbert Mandl, que é capelão do departamento policial de Overland Park, disse à cadeia de televisão CNN que o primeiro tiroteio no centro comunitário judaico de Kansas City se deu pelas 13:00 locais (19:00 em Lisboa), quando uma série de jovens participava em audições para uma peça.

O suspeito, de cerca de 70 anos, perguntou a várias pessoas se eram judeus antes de disparar, de acordo com Mandl. O homem matou duas pessoas, uma delas um adolescente.

De seguida, o presumível atacante entrou num carro e dirigiu-se ao lar Village Shalom, onde matou uma mulher, também de 70 anos, cerca de 15 minutos depois do primeiro tiroteio.

Perto de 75 pessoas, na maioria crianças, estavam no teatro do centro, durante o ataque, embora fontes do centro tenham sublinhado que o incidente ocorreu no parque de estacionamento, de acordo com a KCTV.

No local decorriam audições para o "KC Superstar", um concurso local para aspirantes a cantores, baseado no formato do "American Idol". O centro judaico anunciou que vai encerrar hoje e na segunda-feira. Inicialmente, a polícia isolou o local, mas os participantes no concurso já sairam todos.

O feriado judaico da Pessach tem início na segunda-feira.

kansas eua comunidade judaica
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)