Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Carris, CP e Metro de Lisboa com bilhetes especiais para a Web Summit

Cimeira mundial da Net e tecnologia decorre de 5 a 8 de novembro no Parque das Nações.
Lusa 2 de Novembro de 2018 às 17:55
Paddy Cosgrave
Paddy Cosgrave, fundador da Web Summit
Metro Lisboa
Carris
Paddy Cosgrave
Paddy Cosgrave, fundador da Web Summit
Metro Lisboa
Carris
Paddy Cosgrave
Paddy Cosgrave, fundador da Web Summit
Metro Lisboa
Carris

A Carris, a CP e o Metro de Lisboa criaram títulos de transporte com descontos específicos para a Web Summit 2018, que se realiza na Altice Arena e na FIL, em Lisboa, entre segunda e quinta-feira da próxima semana.

Numa nota, a Carris referiu que os títulos especiais criados para o evento dão direito a viajar nos três operadores durante três dias completos pelo valor de 20 euros e durante cinco dias pelo valor de 30 euros.

Os títulos estarão à venda no aeroporto (de 3 a 6 de novembro) e na Gare do Oriente (de 5 a 7 de novembro), locais onde estarão também equipas dos três operadores que darão informações acerca das melhores soluções de transportes para aceder ao evento.

A Carris salientou ainda que "foi criado um produto online nas duas modalidades indicadas acima e na modalidade de um dia, embora com um desconto adicional de 7,5% e de 16,7% respetivamente".

"Este produto 'voucher' está divulgado no site do evento e no site do Metro. Depois de ser comprado tem de ser trocado pelo título físico em qualquer máquina de venda automática do Metro", salientou.

Numa parceria entre a Carris e a plataforma de táxis 'mytaxi' será possível também, de segunda a quinta-feira, utilizar táxis partilhados com o preço máximo por utilizador de cinco euros dentro do município de Lisboa.

"O serviço estará disponível via plataforma 'mytaxi' através da funcionalidade que será lançada especificamente para os dias em que decorre a Web Summit", sob a designação "mytaximatch CARRIS" e "irá permitir a partilha de viagens de táxi até dois utilizadores distintos (no máximo quatro passageiros) que tenham como origem ou destino o Parque das Nações", informou, pelo seu lado, a plataforma de empresários do táxi.

Pelo seu lado, o Metropolitano de Lisboa já tinha anunciado que vai monitorizar a circulação na linha Vermelha durante a realização da Web Summit, com o objetivo de procurar ajustar a oferta à procura.

No entanto, os trabalhadores do metro marcaram uma greve parcial para a próxima terça-feira, entre as 06h00 e as 09h30, justificando a paralisação com a discordância com a proposta de atualização salarial plurianual de 24,50 euros para os anos de 2018 e 2019.

Segundo a Carris, as principais soluções de mobilidade que as equipas no aeroporto vão aconselhar aos clientes que querem ir para o evento é que utilizem o autocarro 744 ou que sigam pela linha Vermelha do metro, para sair, em ambos os casos, na paragem da estação Oriente.

Do centro de Lisboa para a Web Summit funcionam os autocarros da Carris 728, 744 e 782 até à estação do Oriente.

Os participantes vão ter ainda disponíveis as ligações da CP na linha de cintura (para quem vem de Cascais, de Sintra ou através da Linha do Norte), que cruza três linhas de metro, com as estações de correspondência.

"Os operadores terão uma operação atenta às principais movimentações e fluxos de clientes e reagirão adaptando, na medida da disponibilidade, a oferta em conformidade", salientou a Carris.

A organização da cimeira de tecnologia anunciou hoje que o evento está "oficialmente esgotado".

A PSP, que hoje anunciou medidas adicionais de segurança e vigilância, está à espera que a cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo receba 70.000 visitantes, mais de 1.200 oradores e um número elevado de presidentes executivos (CEO´s) de empresas a nível mundial.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)