Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Ben Gazzara morre aos 81 anos

Tinha 81 anos e uma carreira feita de filmes inesquecíveis: o actor norte-americano Ben Gazzara, intérprete, entre outros, de ‘O Grande Lebowski’, ‘O Caso Thomas Crown’ ou ‘Noites de Singapura’, morreu esta sexta-feira em Manhattan, Nova Iorque, EUA, vítima de cancro. De nome completo Biagio Anthony Gazzara, o actor que ficará na história do entretenimento como Ben Gazzara nasceu a 28 de Agosto de 1930, em Nova Iorque, filho de imigrantes sicilianos. Apesar de ter sido baptizado Biagio, os pais sempre lhe chamaram Ben ou Benny – nome que acabaria por adoptar na profissão de actor.
4 de Fevereiro de 2012 às 15:32
Ben Gazzara marcou a história do cinema com grandes interpretações em filmes como 'Noites de Singapura', de Peter Bogdanovich, ou 'A Morte de um Apostador Chinês', de John Cassavetes
Ben Gazzara marcou a história do cinema com grandes interpretações em filmes como 'Noites de Singapura', de Peter Bogdanovich, ou 'A Morte de um Apostador Chinês', de John Cassavetes FOTO: D.R.

Interessado na representação desde criança, Gazzara passava os tempos livres no cinema, não gostava da escola e foi estudar interpretação assim que teve idade para tal, aos 18 anos. Dezoito meses depois, fez audições para o estúdio de Lee Strasberg e foi aceite, tendo-se entretanto tornado num dos mais acérrimos defensores do Método.

 

Segundo esta técnica de preparação do actor, o intérprete procura recriar os pensamentos e as emoções da personagem, alcançando, idealmente, um grande nível de autenticidade. O Método garantiu-lhe aplausos constantes, desde a sua estreia nos palcos, no início da década de 50, mas rapidamente a sua carreira se estendeu à televisão e ao cinema. Em 1957 interpretou o filme ‘The Strange One’, retrato brutal da vida no exército norte-americano e pouco depois faria ‘Anatomia de um Crime’, em que interpretava o papel de um homem levado à justiça por ter morto o homem que lhe tinha violado a mulher.

 

Na década de 70, Gazzara juntou-se ao amigo John Cassavetes e rodou três dos seus filmes: ‘Maridos’, ‘A Morte de um Apostador Chinês’ e ‘Noite de Estreia’, onde contracenou com Gena Rowlands.

 

“É de quebrar o coração. A morte de Bem [Gazzara] significa o fim de uma era. Ele significava tanto para nós e para as nossas famílias. Para mim, para o John [Cassavetes], para o Peter [Falk]. A sua partida deixa-me tristíssima”, disse a actriz, num comunicado enviado à comunicação social.

 

Alternando sempre a sua carreira entre os palcos e o cinema, Ben Gazzara interpretou, na Broadway, peças tão importantes como “Quem tem medo de Virginia Woolf?’, de Edward Albee, ou ‘Gata em Telhado de Zinco Quente’, de Tennessee Williams. 

Os seus primeiros dois casamentos, com as actrizes Louise Erikson and Janice Rule terminaram em divórcio e em 1981 conheceu a última mulher, a alemã Elke Krivat, com quem casou no ano seguinte, adoptando a filha desta, Danja, como sua. Deixa ainda outra filha, Elizabeth, de um casamento anterior.

Cultura Cinema óbito Ben Gazzara cancro Hollywood Broadway John Cassavetes Gena Rowlands
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)