Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Casa cheia no Cartaxo para aplaudir Salvador

Vencedor da Eurovisão deu um concerto intimista na sala esgotada do centro cultural.
Pedro Rodrigues Santos 27 de Maio de 2017 às 01:30
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Salvador Sobral atuou esta sexta-feira no Cartaxo, naquele que foi o seu segundo concerto desde a vitória na Eurovisão
Um Centro Cultural do Cartaxo completamente esgotado celebrou ontem as canções de Salvador Sobral de forma emotiva. A voz de ‘Amar pelos Dois’ mostrou que o palco é cada vez mais a sua segunda casa, oferecendo uma atuação emocionante às centenas de pessoas que lotaram a sala ribatejana.

Espetáculo marcado há meses para promover o álbum ‘Excuse Me’, lançado o ano passado, foi a vitória no Festival da Eurovisão que provocou uma corrida às bilheteiras online nessa mesma noite. Em poucos minutos, os poucos ingressos que ainda estavam disponíveis dos 315 postos à venda ‘voaram’ num ápice.

É certo que Salvador Sobral não cantou para mais de 10 mil fãs, como sucedeu no Festival Confluências. No entanto, foi seguramente o segundo concerto que ofereceu para mais de 100 pessoas, como o cantor ironizou sábado passado no Marco de Canaveses. Verdade é que ninguém se sentiu defraudado, e, por vontade do público, o concerto podia ir pela madrugada fora.

A poucos minutos do início do espetáculo, ainda eram muitos os admiradores que procuravam uma entrada milagrosa, esquecida em alguma gaveta da bilheteira.

Nada feito. A sala estava apinhada e os afortunados com um bilhete comentavam a soirée que se queria de gala.
Salvador Sobral atua hoje à noite em Ovar, no Arena Dolce Vita, para uma assistência que deverá ultrapassar as 4 mil pessoas. A transferência do espetáculo para o pavilhão multiusos da cidade deveu-se à pouca capacidade do Centro de Arte para responder à procura de entradas. Certo é que ontem ainda estavam disponíveis cerca de duas centenas, a 10 euros cada.

Entretanto, a popularidade de Salvador Sobral já chegou aos Estados Unidos, com Jimmy Fallon a convidar o cantor para o seu programa na NBC.
Cartaxo Salvador Sobral música eurovisão concerto músico
Ver comentários