Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

‘Gatos não têm vertigens’ vencem Sophia

Eunice Muñoz e Luís Miguel Cintra recebem prémio de Carreira.
Teresa Oliveira 3 de Abril de 2015 às 08:00
João Jesus venceu o prémio de Melhor Ator por ‘Os Gatos Não Vertigens’
João Jesus venceu o prémio de Melhor Ator por ‘Os Gatos Não Vertigens’ FOTO: Duarte Roriz

A noite de entrega dos Prémios Sophia ficou marcada pelo duelo entre Os Gatos Não Têm Vertigens e Os Maias. O primeiro conquistou oito galardões, com especial destaque para o de Melhor Filme. A isto somou: Melhor Ator (João Jesus), Melhor Atriz (Maria do Céu Guerra), Melhor Realizador (António-Pedro Vasconcelos) Melhor Argumento Original (Tiago Santos), Melhor Música (Clandestinos do Amor, de Ana Moura), Som e Banda Sonora.

Os Maias, de João Botelho, venceu os galardões de Melhor Atriz e Ator Secundários (Maria João Pinho e João Perry). A isto juntaram-se cinco vitórias em categorias técnicas: Guarda-Roupa; Direção Artística; Caracterização/Efeitos Especiais; Maquilhagem e Cabelos; Direção de Fotografia.

A emoção também esteve presente. Primeiro, na homenagem a Manoel de Oliveira. O realizador, que morreu ontem aos 106 anos (ver págs. 23 a 27), era membro honorário da Academia Portuguesa de Cinema, que em 2013 lhe concedeu o Prémio Mérito e Excelência. Depois, veio a atribuição dos prémios Carreira a Eunice Muñoz e a Luís Miguel Cintra.

gatos não têm vertigens prémios sophia eunice muñoz luís miguel cintra joão jesus Manoel de Oliveira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)