Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Sétima arte pelo olhar voraz de Tarantino

‘Era Uma Vez em Hollywood’ faz homenagem ao fim da época dourada do grande ecrã.
Rui Pedro Vieira 15 de Agosto de 2019 às 01:30
Leonardo DiCaprio e Brad Pitt
Quentin Tarantino
Quentin Tarantino
Quentin Tarantino
Leonardo DiCaprio e Brad Pitt
Quentin Tarantino
Quentin Tarantino
Quentin Tarantino
Leonardo DiCaprio e Brad Pitt
Quentin Tarantino
Quentin Tarantino
Quentin Tarantino
Quentin Tarantino começou por definir a dupla do seu novo filme, formada por Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, "como o duo mais excitante desde Paul Newman e Robert Redford". As duas estrelas, que nunca antes tinham contracenado, são, respetivamente, um ator de séries de televisão a lutar para ganhar espaço no cinema e o seu duplo de cenas de ação. São eles o motor de ‘Era Uma Vez em Hollywood’, filme a partir desta quinta-feira em exibição .

Numa mistura de personagens de ficção e figuras reais, a história é uma homenagem ao fim da idade de ouro da sétima arte, passada em 1969, com várias referências pop, críticas à cultura hippie e notas de obsessão à música, à publicidade e aos automóveis - neste caso, um Cadillac DeVille ou um Porsche.

A partir da amizade entre dois homens, Tarantino, que escreveu o argumento durante cinco anos, testa, neste nono filme como realizador, um mosaico sobre os meandros da fama, lembrando Bruce Lee, Steve McQueen ou Sharon Tate, a então mulher de Roman Polanski que, grávida, foi morta pela seita do psicopata Charles Manson, que também aparece neste retrato voraz com meio século.

‘Era uma Vez em Hollywood’ foi ovacionado de pé, durante sete minutos, no último Festival de Cannes e já se fala de prováveis nomeações para os próximos Óscares. É, aliás, já um dos maiores êxitos de bilheteira da carreira de Quentin Tarantino: só nos Estados Unidos, rendeu 90 milhões de euros em menos de um mês em exibição.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)