Ricardo Chibanga: uma vida dedicada ao toureio

Chibanga sucumbiu a AVC e morreu aos 76 anos.
Por Joaquim Tapada|17.04.19
Morreu Ricardo Chibanga, conhecido no mundo taurino por ser o primeiro matador de touros africano. Internado a 2 de março na sequência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), o toureiro tinha regressado esta terça-feira à sua casa, na Golegã, onde acabou por falecer, aos 76 anos.

Nascido a 8 de novembro de 1942 na cidade moçambicana de Lourenço Marques (hoje Maputo), Chibanga deixou-se fascinar ainda muito jovem pelas lantejoulas dos trajes dos toureiros que via na praça da sua terra, e começou a sonhar com a profissão.

Encontrou apoio no embolador Fernando Pinheiro e este, através do empresário Alfredo Ovelha, conseguiu facilitar-lhe a viagem para Lisboa. Entretanto, o matador Manuel dos Santos levou o rapaz para a Golegã, onde Patrício Cecílio o ensinou a lidar. Fez provas de novilheiro praticante e, em 1965, vestiu o seu primeiro traje de luzes em Lisboa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!