Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

‘Animal’ pendura as chuteiras

Os adeptos do Vasco da Gama não vão esquecer o último encontro do Brasileirão, conquistado pelo S. Paulo, de 2008, disputado no domingo. A equipa perdeu em casa com o Vitória da Baía (0-2), confirmou a descida à Série B (II Divisão), pela primeira vez na história, e assistiu à despedida de um dos seus maiores ídolos, Edmundo.
9 de Dezembro de 2008 às 00:30
Edmundo jogou com Rui Costa
Edmundo jogou com Rui Costa FOTO: Epa

O avançado de 37 anos, conhecido como ‘Animal’, ficou famoso pelos golos que marcou e pelas polémicas que protagonizou. Formado no Vasco, Edmundo alinhou no Palmeiras, Figueirense, Nova Iguaçu, Fluminense, Santos, Cruzeiro, Corinthians e Flamengo, tendo ainda passado pelo Japão (Tokyo Verdy) e Itália (Nápoles e Fiorentina, onde jogou com Rui Costa).

Edmundo somou 18 processos, entre 1993 e 2008, no Tribunal de Justiça Desportiva. Foi condenado por 16 vezes devido a ofensas, agressões, desrespeito e jogadas violentas. No domingo, o ‘Animal’ saiu do estádio em silêncio, mas foi aplaudido de pé por 25 mil pessoas. Dias antes tinha criticado a mudança de direcção – Eurico Miranda por Roberto Dinamite: "Não sabemos em quem pode confiar ou com quem pode desabafar."

AMEAÇA DE SUICÍDIO

Depois do jogo com o Vitória, um adepto do Vasco subiu à cobertura do Estádio São Januário e ameaçou suicidar-se. Foi salvo pelos bombeiros. "Realmente tentei matar-me pelo Vasco. Estava muito envergonhado [com a descida de divisão] e tinha bebido um pouco de cerveja", disse Luiz Vilaça, o jovem de 21 anos que responsabiliza Eurico Miranda pela crise que se tem vindo a sentir no clube.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)