Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Bruno Lage lembra que o Benfica "ainda está em desvantagem" para o FC Porto

Treinador do Benfica lembrou que a equipa continua na perseguição aos 'dragões'.
Lusa 9 de Fevereiro de 2019 às 15:34
Bruno Lage, treinador do Benfica
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage, treinador do Benfica
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage, treinador do Benfica
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
O treinador do Benfica, Bruno Lage, relativizou este sábado uma motivação extra pelo empate do líder FC Porto com o Moreirense (1-1), para o desafio contra o Nacional, da 21.ª jornada da I Liga de futebol.

Na conferência de imprensa realizada no centro de estágio do Seixal, o técnico lembrou que a equipa continua na perseguição aos 'dragões', mesmo que vença o conjunto madeirense no fomingo, em casa, e centrou o discurso na concentração sobre a evolução dos jogadores.

"A motivação tem de ser máxima e a nossa direção é olhar para aquilo que é nosso. No último jogo com o Sporting, a pressão colocada por mim era na tarefa e na nossa forma de jogar. Ainda estamos em desvantagem para o Porto, temos uma desvantagem de quatro pontos e temos de entrar em campo determinados, assim é que conseguimos os pontos", afirmou.

Desafiado a considerar a sua equipa como a que pratica atualmente o melhor futebol em Portugal, Bruno Lage limitou-se a dar conta da satisfação pelo percurso feito pelos jogadores desde que foi escolhido para o comando técnico, após a saída de Rui Vitória.

"Fujo sempre às comparações. Olho para nós e o que tenho visto é a nossa evolução, e isso deixa-me satisfeito. Fizemos uma boa evolução num mês, com pouco tempo para treinar", frisou, enaltecendo a "dinâmica muito boa" que se criou desde o primeiro dia e sublinhando que "está toda a gente dedicada e a pensar mais no nós do que no eu".

Sobre o adversário desta 21.ª ronda, o treinador teceu elogios à formação comandada por Costinha, apontando, sobretudo a sua "competitividade" e o prazer de ter a bola, bem como o domínio dos sistemas táticos 4x3x3 e 4x4x2.

As atenções que recaíram sobre o jovem João Félix nas últimas semanas mereceram também a análise de Bruno Lage, que assegurou que a pressão mediática sobre o avançado de 19 anos não alterou a sua atitude nos treinos ou nos jogos.

"Com o que tem sido o registo dele, quer em jogo, quer em treino, acho que lhe está a passar ao lado. Sinto-o determinado, com um à vontade muito grande que não é de um menino de 19 anos e sim de um homem pronto para o que aí vem. É verdade que está a crescer, mas sinto-o com uma maturidade muito acima da média", declarou.

Em paralelo, o técnico confirmou que o jovem central Ferro, que se estreou frente ao Sporting, no triunfo (2-1) para a Taça de Portugal por força da lesão de Jardel, estará novamente convocado, tal como o avançado brasileiro Jonas, que pode assim, finalmente, fazer os primeiros minutos sob o seu comando. Em sentido inverso, o médio Fejsa permanece fora da convocatória.

O desafio entre o Benfica, segundo classificado, com 47 pontos, e o Nacional, 14.º, com 20 pontos, está marcado para este domingo, às 17:30, no Estádio da Luz.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)