Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

"Dias antes da minha demissão, FC Porto era líder"

Julen Lopetegui falou sobre saída dos azuis e brancos.
Leonel Lopes Gomes 21 de Abril de 2016 às 19:06
Julen Lopetegui está de saída do FC Porto
Julen Lopetegui está de saída do FC Porto FOTO: Luís Vieira
Julen Lopetegui revelou alguns detalhes que estiveram na origem do seu afastamento da equipa de futebol do FC Porto, em janeiro.
"Não saí por decisão minha. Como podia demitir-me quando estávamos em posição de conseguir todos os objetivos pelos quais estávamos a lutar? Tivemos de pegar o touro pelos cornos, dar tudo no trabalho em prol do FC Porto. Demos a cara e lutámos contra tudo e contra todos, com a esperança de cumprir os objectivos determinados e estávamos a lutar por esses objectivos", começou por dizer o espanhol, em declarações ao programa Grande Área da RTP3.

O técnico revela que a decisão de Pinto da Costa apanhou-o de surpresa. "Cinco dias antes da demissão, éramos líderes da competição. Claro que não. Nem vale a pena perguntar, a decisão não foi minha. Não saí por decisão minha", sublinhou.

Apesar da forma como abandonou o Dragão, Lopetegui assegura que leva o clube no coração e não guarda mágoa de Jorge Nuno Pinto da Costa.

"Trabalhámos tudo o que pudemos para melhorar o clube. Tenho boas recordações dele, tenho carinho por ele. Agora sinto pena, porque entendo que a situação desportiva piorou imenso. O FC Porto para mim é uma recordação magnífica. Sempre fui honesto e empenhado", observou.

A 8 de janeiro, o FC Porto anunciou a saída do treinador espanhol, que estava no clube há uma época e meia, dois dias depois do empate caseiro com o Rio Ave (1-1), que, na altura, foi o terceiro jogo consecutivo sem vencer.



FC Porto Pinto da Costa desporto futebol Jorge Nuno Pinto da Costa Lopetegui
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)