Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Sporting sobrevive ao teste no Dragão

Leões venceram FC Porto por 3-1.
Leonel Lopes Gomes 30 de Abril de 2016 às 20:24
Slimani festeja o segundo golo que marcou ao FC Porto, depois de dar a melhor sequência a um cruzamento de Bryan Ruiz
Slimani festeja o segundo golo que marcou ao FC Porto, depois de dar a melhor sequência a um cruzamento de Bryan Ruiz FOTO: Estela Silva/LUSA

A luta pelo título será até à última gota de suor. Este sábado, o Sporting foi ao Dragão e venceu o FC Porto por 3-1, no clássico da 32.ª jornada do campeonato nacional de futebol. Com este triunfo, os leões não deixaram o Benfica fugir na liderança do campeonato. A duas jornadas do fim da prova, apenas dois pontos separam águias e leões. Slimani, com um bis, e Bruno César apontaram os golos do conjunto de Alvalade. Herrera, na conversão de uma grande penalidade, fez o golo de honra dos dragões.

Foi uma partida intensa e jogada nos limites, o clássico protagonizado pelas duas equipas. Logo aos quatro minutos, João Mário, em posição privilegiada, rematou para fora. Três minutos volvidos, Herrera atirou ao poste. Estava dado o mote para um duelo frenético.
As duas equipas, sempre de prego a fundo, prosseguiram em busca do golo, que surgiu na baliza de Casillas. João Mário, numa jogada magnífica, fez o que quis de Jose Ángel e no momento certo assistiu Slimani para o 1-0. Enorme festa da onda verde que invadiu o Dragão. O FC Porto sentiu o tiro certeiro do argelino e demorou a reagir.

À passagem do minuto 32, Casillas negou o segundo tento à equipa Alvalade. Quando o Sporting dominava, o FC Porto chegou ao empate. Brahimi foi travado por Coates na área leonina, grande penalidade assinalada por Artur Soares Dias que Herrera – o melhor dos azuis e brancos em campo – não desperdiçou. O lance galvanizou a equipa de Jose Peseiro, que esteve próxima da reviravolta pouco depois mas o médio mexicano não conseguiu bater Rui Patrício. Em cima do intervalo, Bryan Ruiz cruzou a preceito e Slimani, depois de fugir à marcação de Martins Indi, cabeceou para fazer o seu 26.º golo no campeonato.

Erro de Casillas e golo do Sporting
Na etapa complementar, os dragões entraram com a chama acesa e estiveram próximos do empate em duas ocasiões mas nem Maxi nem Sérgio Oliveira conseguiram marcar. O Sporting passou a ter mais controle do jogo, até que surgiu o minuto 66. Coates empurrou Aboubakar já dentro da área dos leões mas nada foi assinalado por Soares Dias, no decurso do lance, André André foi crucial a impedir o golo a João Mário. Dois minutos depois, Slimani cabeceou e Casillas fez a defesa da tarde.

A incerteza pairava no marcador mas um erro de cálculo do guarda-redes espanhol dissipou as dúvidas. Bruno César, que tinha sido lançado no terreno de jogo minutos antes, rematou e o guardião do FC Porto não defendeu e estava feito o 3-1.

Com este triunfo, o Sporting passou a somar 80 pontos, a dois do Benfica, que nesta jornada derrotou o V. Guimarães por 1-0, enquanto o FC Porto continua na terceira posição, com 67.
----------------------------

90+4' - Termina o clássico. O Sporting vence o FC Porto por 3-1 e continua na luta pelo título. 

90+3' -
Sai João Mário e entra Paulo Oliveira.

90+1' -
Aboubakar apanhado em posição irregular. 

90' -
Mais três minutos de jogo. 

89' -
Sai Bryan Ruiz e entra Gelson Martins. 

87' -
Amarelo para Brahimi. 

86' -
E está feito o 3-1. Lance conduzido por João Mário, que no momento certo assistiu Bruno César. O brasileiro rematou e Casillas não segurou a bola. Golo dos leões e um monumental frango do espanhol. 


85' - GOLO DO SPORTING! MARCOU BRUNO CÉSAR.

84'
- Substituição nos dragões, sai Chidozie, com queixas físicas, e entra André Silva. Danilo vai recuar no terreno. 

80' -
Alteração no Sporting, sai Teo Gutiérrez e entra Bruno César. 

79' -
Amarelo para Schelotto após falta sobre Herrera. 

79' -
Canto para o Sporting mas Casillas defendeu o cruzamento de Adrien.

76' -
Corte na hora certa de Coates a impedir o golo do empate aos dragões.

75' -
Falta de Varela sobre João Mário.

74' -
Livre de Herrera para grande defesa de Patrício. 

73' -
Falta de Adrien sobre Herrera. Livre para o FC Porto e cartão amarelo para o médio do Sporting.

70' -
Lançado por André André, Herrera perdeu demasiado tempo e desperdiçou soberana ocasião para rematar à baliza leonina. 

69' -
Na sequência de um canto, Chidozie ganhou no ar a Zegelaar mas cabeceou para fora.

68' -
Enorme Casillas, a impedir o hat-trick a Slimani. Excelente intervenção do guarda-redes espanhol.

68' -
Substituição no FC Porto, sai Corona e entra Varela. 

66' -
Lance duvidoso na área do Sporting, com Aboubakar a pedir falta de Coates. O central uruguaio empurrou o avançado e ficou uma grande penalidade por marcar. Na sequência do lance, valeu André André a impedir o golo a João Mário. 

63' -
Remate fraco de João Mário para defesa fácil de Casillas.

62' -
Falta de Brahimi sobre Schelotto. 

61' -
Substituição no FC Porto, sai Sérgio Oliveira e entra André André. 

59' -
Falta de Rúben Semedo sobre Herrera.

57' -
Corte na hora certa de Martins Indi a tirar a bola a Teo Gutiérrez. Mais uma perda de bola do meio-campo do FC Porto.

55' -
Boa jogada do ataque leonino, com Teo Gutiérrez a cruzar mas Bryan Ruiz chegou atrasado à bola. Canto para os leões e cabeceamento de Coates para fora. 

53' -
Falta de Herrera sobre William Carvalho.

52' -
Mais um remate de Sérgio Oliveira, agora para fora. 

50' -
No ferro. Azar par o FC Porto. Na conversão de um livre direto, Sérgio Oliveira rematou com muito perigo mas a bola embateu com estrondo na barra da baliza de Rui Patrício.

48' -
Livre para o FC Porto após falta de William sobre Danilo. 

47' -
Na resposta, após grande lance de Corona, Maxi Pereira rematou com grande perigo e Patrício respondeu com excelente defesa. 

46' -
Após erro de Sérgio Oliveira, que perdeu a bola em zona proibitiva, Slimani não pensou duas vezes e rematou à figura de Casillas. 

46' -
Nenhuma alteração nos dois conjuntos ao intervalo. 

46' - 
Recomeça o clássico. Posse de bola para o FC Porto. O Sporting vence por 2-1. Slimani bisou para os leões e Herrera apontou o golo dos dragões na marcação de uma grande penalidade.

 

45' - Intervalo no Estádio do Dragão, com o Sporting a vencer o FC Porto por 2-1.

45' - 
E o Sporting volta a colocar-se na frente do marcador. Grande trabalho de Bryan Ruiz, sob o lado esquerdo, e Slimani, depois de fugir à marcação de Martins Indi, cabeceou a preceito para fazer o 2-1. Foi o quarto golo que o argelino, que bisou na partida da 1.º volta, marcou esta época aos azuis e brancos. Slimani leva 26 golos no campeonato.


44' - GOLO DO SPORTING! MARCOU SLIMANI. 

42' -
Boa jogada de Aboubakar, que fugiu à marcação de Rúben Semedo, mas Schelotto estava bem posiconado e cortou o perigo da área leonina. 

40' -
Fora de jogo assinalado a Teo Gutiérrez. Mas um lance gizado por João Mário. 

36' -
Mas que perigo. Lance conduzido por Brahimi, que no momento certo, assistiu Herrera mas o remate do mexicano passou ao lado da baliza do Sporting.

36' - 
Na marcação de uma grande penalidade, Herrera não tremeu e bateu Rui Patrício. O mexicano rematou para a direita e o guarda-redes atirou-se para o lado contrário. Está feito o empate no Dragão. 


34' - GOLO DO FC PORTO! MARCOU HERRERA. 

33' -
Falta de Coates sobre Brahimi. Penálti para o FC Porto. Amarelo para o central uruguaio. Artur Soares Dias ainda hesitou na sua decisão.

32' -
Mas que perigo. Slimani rematou e Casillas, com uma grande defesa, impediu o segundo do argelino na partida. O cruzamento foi de Schelotto. 

31' -
Falta de Chidozie sobre Zeegelaar.

30' -
Falta de William sobre Brahimi.

29' -
Bom cruzamento de Corona mas Rui Patrício estava atento e defendeu com tranquilidade. 

27' -
Falta de Adrien sobre Aboubakar. 

26' -
Há instantes, lance duvidoso na área do Sporting. Corona cruzou e a bola bate na mão de Rúben Semedo. Nada foi assinalado por Artur Soares Dias.

24' - 
E está feito o primeiro golo no clássico. João Mário, com requintes de malvadez, fez o que quis de Jose Ángel, entrou na área do FC Porto e no momento certo cruzou para oferecer o golo a Slimani. Muito mérito para o médio que ofereceu o golo ao argelino em bandeja de ouro. Foi o 25.º golo do argelino no campeonato. 


23' - GOLO DO SPORTING! MARCOU SLIMANI. 

20' -
Herrera apanhado em fora de jogo.

18' -
Mas que perigo. Aboubakar foi mais veloz do que Rui Patrício e por escassos centímetros não apontou o primeiro golo do jogo. 

16' -
Corte precioso de Danilo Pereira. Canto para o Sporting. Na sequência do lance, Ruiz cruzou e Slimani cabeceou à figura de Casillas.

13' -
Assistência de Sérgio Oliveira mas foi assinalada falta de Aboubakar sobre Coates. O avançado camaronês empurrou o central uruguaio. 

12' -
Pressão alta do Sporting, que tenta condicionar a primeira fase de organização do FC Porto.

8' -
Início de jogo a todo o gás, com as duas equipas a estarem próximas do golo. 

7' -
Mas que perigo. Responde o FC Porto. Danilo marcou rapidamente um livre, Ángel cruzou e Herrera, de carrinho, rematou ao poste. No ressalto, Rui Patrício defendeu o remate de Aboubakar. 

6' -
Falta de William Carvalho sobre Aboubakar. 

5' -
Na resposta, Herrera cruzou tenso mas Rui Patrício estava atento e defendeu. 

4' -
Mas que perigo. Após um ressalto, João Mário, isolado perante Casillas, rematou para fora. Ocasião flagrante falhada pelo médio do Sporting. Tudo começou num mau alívio de Casillas. 

4' -
Canto para os leões mas a defesa dos dragões cortou o perigo. 

3' -
Falta de Chidozie sobre Slimani. Livre para o Sporting. 

1’ –
Início da partida. Posse de para o Sporting. 

-------------------

Boa tarde. Acompanhe a partir das 18h30 (Sport tv1) o jogo da 32.ª jornada 1.º liga de futebol entre FC Porto e Sporting. A partida será dirigida pelo árbitro da Associação de Futebol do Porto, Artur Soares Dias.  

Já é conhecido o onze do FC Porto. Chidozie volta a ser opção para o centro da defesa. José Ángel continua a ser aposta na lateral esquerda e Brahimi e Aboubakar voltam a merecer a confiança de José Peseiro. Danilo ocupa uma vaga no meio-campo. Fora do onze ficam Rúben Neves, Layún, Varela e André Silva. 

Os suplentes do FC Porto são: Helton, Miguel Layún, Rúben Neves, André André, Varela, André Silva e Suk.

Também já é conhecido o onze do Sporting. Os eleitos são Rui Patrício, Schelotto, Coates, Rúben Semedo e Zeegelaar; William Carvalho, Adrien Silva, Bryan Ruiz e João Mário; Teo Gutiérrez e Slimani. 



Os suplentes do Sporting são: Jug, João Pereira, Paulo Oliveira, Aquilani, Bruno César, Gelson Martins e Barcos. Ricardo Esgaio, que tinha sido convocado, ficou de fora.

 

Os leões estão obrigados a vencer o clássico do Dragão, sob pena de deixarem escapar o Benfica na corrida ao título da I Liga portuguesa de futebol. Na abertura da 32.ª e antepenúltima jornada, na sexta-feira, o Benfica recebeu e venceu o Vitória de Guimarães, por 1-0, colocando a pressão do lado da formação de Alvalade, que chega ao embate com o FC Porto com cinco pontos de atraso para os bicampeões nacionais - 77 contra 82. Os comandados de José Peseiro jogam pelo orgulho, já que têm o terceiro lugar assegurado.




No jogo das palavras, José Peseiro e Jorge Jesus falaram que o clássico tem tudo para ser um grande jogo.

"O FC Porto vai jogar com sempre para perder, para empatar? Não sei o que querem que diga. Somos do FC Porto, somos profissionais e responsáveis pelo espetáculo, temos responsabilidade individual e coletiva. Queremos vencer, seja qual for o adversário. Um clássico é sempre um clássico. Quem ganha, ganha mais coisas, quem perde, perde mais coisas do que o normal. O que é indesmentível é que, quando entramos num estádio, é para ganhar. Temos de jogar sobre pressão, quem não o consegue fazer não pode estar num clube deste nível e quem não quer também não pode estar cá. É com máxima pressão que temos um bom rendimento. Jogamos para nós e para os adeptos e sabemos que eles vão estar lá a apoiar-nos", considerou o treinador dos dragões.

"Vão querer ganhar e jogar bem, e nós vamos querer fazer a mesma coisa, mas com um objetivo que o FC Porto já não tem. É um clube que não está habituado ao terceiro lugar. Agora têm de pensar no porquê da situação. Estamos muito confiantes e vamos fazer um excelente jogo no Dragão. O Sporting pode fazer 80 e muitos pontos e não ser campeão, mas espero que os faça e o seja. São indicadores de um campeonato excelente. Falta a cereja em cima do bolo, acreditamos até ao fim do último jogo e trabalhamos com essa convicção", frisou, por seu turno, Jorge Jesus.

O jogo grande desta 32.ª jornada do campeonato nacional de futebol será dirigido por Artur Soares Dias. O juiz assegura que a sua equipa está pronta para este desafio, que começa às 18h30 de sábado.

"Disso não temos dúvidas, até porque o trabalho é feito, semana após semana, e é só mais um jogo", atirou o árbitro, que foi nomeado para o quarto jogo entre grandes esta temporada. "Não é hábito mas também não é inédito. Será mais uma prova, um desafio, e estou preparado. Se esta é a minha melhor época? Julgo que não. Estou seguro que já fiz temporadas melhores. Existem outros árbitros que podiam estar presentes mas o Conselho de Arbitragem depositou em mim essa confiança. As coisas têm corrido bem, mas não esqueçam: somos humanos e vamos errar. Esperamos é que o erro seja diminuto e que não influencie o resultado", afirmou.

Peseiro nunca venceu o Sporting
José Peseiro vai defrontar o Sporting pela sétima vez na carreira, no clássico da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, não tendo, até agora, qualquer triunfo sobre a sua antiga equipa. O atual 'timoneiro' do FC Porto, que liderou os 'verde e brancos' em 2004/05 e 2005/06, foi adversário do Sporting em seis ocasiões (quatro no campeonato e duas na Taça de Portugal), ao serviço de Nacional e Sporting de Braga, somando dois empates e quatro desaires.
O último embate entre Peseiro e os 'leões' aconteceu em abril de 2013, quando o técnico orientava os bracarenses, que foram derrotados no seu reduto, por 3-2, por culpa de um 'hat-trick' do holandês Ricky van Wolfswinkel.








 

FC Porto desporto futebol José Peseiro Artur Soares Dias Sporting Jorge Jesus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)