Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

"Fui enjaulada e tratada como um animal"

Mulher de Vardy relata violência em Marselha.
Leonel Lopes Gomes 12 de Junho de 2016 às 15:04
A mulher do avançado inglês James Vardy, Rebekah, viveu de perto as cenas de pancadaria que ocorreram no sábado em Marselha
A mulher do avançado inglês James Vardy, Rebekah, viveu de perto as cenas de pancadaria que ocorreram no sábado em Marselha FOTO: Kai Pfaffenbach/Reuters
O duelo entre Inglaterra e Rússia, da 1.ª jornada do grupo B do Euro2016, ficou marcado por cenas de violência, antes e após a partida, que terminou empatada a um golo.

A mulher do avançado inglês James Vardy, Rebekah, viveu de perto as cenas de pancadaria que ocorreram no sábado em Marselha.

"Foi a pior experiência de sempre num jogo fora de casa. Levei com gás lacrimogéneo sem qualquer motivo e fui enjaulada e tratada como um animal. Chocante! Vi tudo com os meus próprios olhos. Não posso comentar coisas que não vejo mas neste caso fui apanhada em algo horrível. Fecharam os portões e depois atingiram-nos com gás lacrimogéneo", relatou, na rede social Twitter, a esposa do goleador do Leicester.







No final do encontro no estádio Vélodrome, em Marselha, a UEFA e a FIFA condenaram os atos de violência. Um adepto inglês está num estado considerado muito grave.




Inglaterra Rússia grupo B do Euro2016 James Vardy Rebekah Vélodrome Marselha UEFA FIFA desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)