Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Jesus ignora raiva do FC Porto

Técnico não quer saber do efeito psicológico da goleada.
António M. Pereira 23 de Abril de 2015 às 08:42
Jesus quer plantel muito focado
Jesus quer plantel muito focado FOTO: Rui Minderico

Jorge Jesus não fez qualquer alusão aos seus jogadores sobre o efeito psicológico que a pesada derrota sofrida pelo FC Porto frente ao Bayern Munique (6-1) poderá ter na estratégia dos dragões para o clássico, e, sabe o CM, não tenciona abordar o tema com eles nas palestras que antecedem o jogo.

Segundo apurou o CM, o técnico só começou a preparar o jogo com os dragões após a vitória sobre o Belenenses (2-0) e não quer nenhum dos seus pupilos preocupados com aspetos (relativos ao adversário) que não estejam relacionados com o que se vai passar dentro das quatro linhas. O próprio Jorge Jesus deu o exemplo há uma semana, quando revelou não ter visto na íntegra o FC Porto-Bayern Munique (3-1), tendo preferido assistir em direto ao PSG-Barcelona (1-3).

O CM sabe também que a estratégia seguida por Jorge Jesus, de focar-se apenas no jogo e ignorar todos os possíveis comentários que cheguem dos dragões, é extensiva aos dirigentes da SAD, que vão ignorar "qualquer tentativa de distração vinda do lado contrário.

Na Luz espera-se um dragão enraivecido, que irá usar todos os meios para mobilizar a equipa e a massa associativa face ao clássico da Luz. Um jogo no qual a vitória em casa do grande rival poderá salvar a humilhação sofrida em Munique e manter vivas as esperanças de o clube conquistar o título de campeão, o único troféu a que ainda pode aspirar, e grande objetivo da época.

Por tudo isto, o silêncio deverá ser a nota dominante entre os encarnados até domingo, dia de um jogo que pode valer o bicampeonato ao clube e o terceiro título de campeão a Jorge Jesus.
Jorge Jesus FC Porto Bayern Munique Belenenses Luz Munique desporto futebol
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)