Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Nani motiva Sporting

Último jogo do extremo usado como motivação para a final.
Nuno Miguel Simas 29 de Maio de 2015 às 09:06
Nani, de 28 anos, joga último encontro pelo Sporting no Jamor
Nani, de 28 anos, joga último encontro pelo Sporting no Jamor FOTO: Vitor Chi

A despedida de Nani do Sporting no jogo da final da Taça de Portugal, no domingo, frente ao Sp. Braga (17h15, no Estádio Nacional do Jamor), está a ser usada como fator de motivação para o grupo de trabalho com vista a erguer o troféu, apurou o CM.

O simbolismo que acarreta o último jogo do craque pelos leões, antes de voltar ao Manchester United (termina o empréstimo), constitui mais um estímulo para a equipa, na medida em que Nani é um jogador que conhece bem todo o envolvimento da competição, a única, de resto, que ganhou com a camisola leonina em 2006/2007.

"Ganhar no Jamor foi um momento único. As finais são feitas para se ganhar e a mentalidade tem de ser essa. Senti que os sportinguistas desfrutaram do momento e estavam muito satisfeitos", disse o extremo em entrevista ao jornal do Sporting.

"Agora estou à espera de um jogo emocionante. Todos estão muito ansiosos para sair com a Taça na mão. Era fantástico ganhar. Fizemos uma época de muito trabalho, com bons momentos, e merecemos estar nesta final, desfrutar dela e ganhar este troféu. Vamos dar o nosso melhor e tentar trazer a Taça para casa", prometeu o internacional português de 28 anos.

Pelo que o CM apurou, além do desejo coletivo de ganhar a Taça, existe uma vontade de homenagear Nani, que foi uma peça fundamental nesta época e também porque ajudou os leões a conquistarem a Taça em 2006/2007 – triunfo da equipa de Alvalade por 1-0 sobre o Belenenses, com golo de Liedson.

O CM sabe que o entusiasmo de Nani tem contagiado o grupo de trabalho, apostado em terminar a época com um regresso à conquista de um título. 

Ver comentários