Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

SAD do Porto encaixa 100 milhões com cessão de créditos do contrato com a Altice

A SAD do Futebol Clube do Porto anunciou esta quinta-feira ter cedido os créditos do contrato de cessão de direitos de transmissão televisiva dos jogos da sua equipa sénior.
25 de Maio de 2018 às 10:46
Pinto da Costa é presidente da SAD do FC Porto
Pinto da Costa é presidente da SAD do FC Porto FOTO: Direitos Reservados

A SAD do Porto antecipou parte das receitas do contrato celebrado com a Altice para a transmissão dos jogos de futebol, realizando uma cessão de créditos que garante um encaixe de 100 milhões de euros, avança o Jornal de Negócios.

"A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD procedeu esta quinta-feira à cessão dos créditos decorrentes do contrato de cessão de direitos de transmissão televisiva dos jogos disputados pela equipa principal de futebol, na qualidade de visitado, na Primeira Liga, celebrado a 26 de Dezembro de 2015, entre a Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD e a PT Portugal SGPS, S.A. (posteriormente cedido à Altice Picture, SARL)", informou a SAD dos dragões em comunicado à CMVM.

Os créditos cedidos servirão para colateralizar a emissão de obrigações titularizadas até ao reembolso integral das mesmas, tendo ficado assegurados mecanismos contratuais necessários para que a Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD possa recuperar a titularidade ou benefício económico dos créditos, uma vez terminada a operação, explica o documento.

Esta operação permitiu um encaixe financeiro no montante de 100 milhões de euros, sublinha a SAD do Porto. A cessão de créditos corresponde a uma transferência de direito sobre um crédito a terceiros.

Assim, a SAD do clube liderado por Pinto da Costa cedeu a terceiros (não os identificando no comunicado) os créditos que tem sobre os referidos direitos de transmissão televisiva - mas só até que as suas obrigações estejam integralmente reembolsadas, após o que recuperará o direito a esses créditos. 

Conforme explica no comunicado, a SAD do clube tem direito aos referidos créditos no âmbito do contrato de Dezembro de 2015 em que o FCP vendeu à PT/Altice, por 457,5 milhões de euros, os direitos televisivos e a publicidade dos espaços comerciais no estádio do Dragão a partir de Julho de 2018 – contrato esse com a validade de 10 anos.

"A referida cessão de créditos insere-se no âmbito de um processo de simplificação da estrutura de financiamento da Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, conferindo-lhe assim maior estabilidade na referida estrutura financeira. As receitas líquidas desta cessão destinar-se-ão a substituir passivos, maioritariamente financeiros", acrescenta.

Nestes termos, a Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD tomou a decisão de não exercer a opção de aumento do montante do empréstimo obrigacionista "FC PORTO SAD 2018-2021", fixando-se o mesmo em 35 milhões de euros, 10 milhões abaixo do empréstimo obrigacionista que o precedeu, conclui a SAD no seu comunicado.

Recorde-se que, no passado dia 11 de Maio, o clube anunciou o lançamento da referida oferta pública de subscrição de obrigações da SAD no valor de 35 milhões de euros, que decorre entre 16 de Maio e 1 de Junho. O valor poderia ser aumentado por decisão da SAD, que decidiu agora não exercer essa opção.

A taxa de juro proposta aos investidores que queiram participar nesta operação é de 4,75% e o empréstimo é a três anos. O preço de subscrição é de 5,0 euros por obrigação, com um montante mínimo de subscrição de 100 euros.

Porto Futebol Clube do Porto Altice Picture SARL Primeira Liga Pinto da Costa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)