Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Ayrton Senna acelerou pela última vez há 22 anos

Piloto brasileiro morreu aos 34 anos de idade.
Leonel Lopes Gomes 1 de Maio de 2016 às 16:37
Foi a 1 de maio de 1994 que Ayrton Senna acelerou pela última vez. Então com 34 anos de idade, o piloto brasileiro sucumbiu após um aparatoso acidente no Grande Prémio de San Marino em Fórmula 1
Foi a 1 de maio de 1994 que Ayrton Senna acelerou pela última vez. Então com 34 anos de idade, o piloto brasileiro sucumbiu após um aparatoso acidente no Grande Prémio de San Marino em Fórmula 1 FOTO: DR
Há 22 anos, o mundo chorou a morte de um dos maiores nomes do desporto. Foi a 1 de maio de 1994 que Ayrton Senna acelerou pela última vez. Então com 34 anos de idade, o piloto brasileiro sucumbiu após um aparatoso acidente no Grande Prémio de San Marino em Fórmula 1. O piloto perdeu o controlo do seu monolugar, quando circulava a 300 km/h e embateu num murro.

Ainda foi assistido por uma equipa de médicos numa unidade hospitalar da cidade de Bolonha, mas o seu falecimento foi anunciado quatro horas depois.

No dia anterior, o austríaco Roland Ratzenberger tinha morrido no mesmo circuito, na sequência de um acidente durante o treino de classificação.

Ayrton Senna da Silva já era tricampeão mundial de Fórmula 1 -1988, 1990 e 1991 – sempre ao volante de um McLaren.




Caso estivesse vivo, Senna teria 56 anos. As homenagens ao malogrado piloto sucederam-se este domingo. "Uma verdadeira lenda, Ayrton Senna 1960-1994", escreveu no Twitter a Williams, última escuderia defendida pelo brasileiro.




Lewis Hamilton não conteve a emoção, ao homenagear a sua maior fonte de inspiração.






Grande Prémio de San Marino Ayrton Senna da Silva desporto desportos motorizados Fórmula 1
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)