Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
2
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Pai de Rodrigo Lapa: “Devia ter lutado mais pelo meu filho, podia ter evitado a morte”

Homem fala dos sonhos do filho de 15 anos que ficaram por cumprir.
Tânia Laranjo 14 de Junho de 2019 às 01:30
Sérgio Lapa fez uma tatuagem no peito com a cara do filho, Rodrigo, de 15 anos, assassinado à pancada, em Portimão
Sérgio Lapa, pai do jovem de 15 anos, lamenta que o filho tenha sido assassinado e os culpados andem em liberdade
Rodrigo Lapa
Sérgio Lapa fez uma tatuagem no peito com a cara do filho, Rodrigo, de 15 anos, assassinado à pancada, em Portimão
Sérgio Lapa, pai do jovem de 15 anos, lamenta que o filho tenha sido assassinado e os culpados andem em liberdade
Rodrigo Lapa
Sérgio Lapa fez uma tatuagem no peito com a cara do filho, Rodrigo, de 15 anos, assassinado à pancada, em Portimão
Sérgio Lapa, pai do jovem de 15 anos, lamenta que o filho tenha sido assassinado e os culpados andem em liberdade
Rodrigo Lapa
A tentar refazer a vida na ilha de S. Miguel, nos Açores, o pai de Rodrigo Lapa, Sérgio Lapa, diz que devia ter lutado mais pelo filho.

"Ele já tinha 15 anos. Podia decidir que queria viver com a mãe, como fez, mas eu devia ter lutado mais pelo meu filho, podia ter evitado a morte. Não devia ter aceitado que ficasse", diz o homem que, três anos depois, ainda carrega a culpa pela morte do filho.

< br />
Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso ao e-paper, a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site por 0.60€ + IVA Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica

ou
UTILIZE O
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)