Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos

Pais chantageiam professora para esconder sexo com alunos

Mulher confessou os crimes ao diretor da escola para escapar à extorsão.
17 de Março de 2018 às 20:11
Crimes ocorreram na escola secundária de McKinley Senior High School, em Ohio
Professora admitiu fazer sexo com vários alunos
Crimes ocorreram na escola secundária de McKinley Senior High School, em Ohio
Professora admitiu fazer sexo com vários alunos
Crimes ocorreram na escola secundária de McKinley Senior High School, em Ohio
Professora admitiu fazer sexo com vários alunos

Tiffany M. Eichler, de 36 anos, decidiu revelar à direção da escola secundária onde lecionava, no Ohio, Estados Unidos, os encontros sexuais que mantinha com os alunos. A professora confessou os crimes para escapar à chantagem dos pais de uma das vítimas.

De acordo com o Daily Mail, a mulher afirmou ao diretor da escola que, após descobrirem a relação entre o filho e a professora, os pais do jovem começaram a exigir várias transferências bancárias em troca do silêncio.

Tiffany admitiu ter feito sexo com "vários outros alunos do sexo masculino" e que os encontros aconteceram no seu carro, na arrecadação de um dos seus estudantes e até durante a hora de atendimento aos pais.

Um dos alunos exigiu que a professora transferisse 180 dólares (aproximadamente 146 euros) para a compra de antibióticos, pois afirma ter contraído uma doença sexual após fazer sexo com a tutora.

As vítimas contaram às autoridades que os encontros começaram através de trocas de mensagens no Snapchat.

A professora ainda não foi detida, mas aguarda o desenvolvimento da investigação em casa, sem licença de vencimento.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)