Cronologia das ações do Consórcio Eni/Galp para pesquisar petróleo ao largo de Aljezur

Prospeção e exploração de hidrocarbonetos foi contestada por associações ambientalistas e de defesa do património.
29.10.18
  • partilhe
  • 6
  • +
Cronologia do projeto para a prospeção de petróleo ao largo da costa vicentina que, após três prolongamentos dos prazos previstos no contrato celebrado com o Estado em 2007, foi esta segunda-feira abandonado pelo consórcio Eni/Galp.

A prospeção e exploração de hidrocarbonetos foi contestada por associações ambientalistas e de defesa do património, pela Comunidade Intermunicipal do Algarve, por cidadãos individuais, entidades empresariais e movimentos de cidadãos e levou à apresentação de várias providências cautelares contra os contratos assinados pelo Estado e consórcios privados.

O primeiro contrato, celebrado em 2007, sofreu várias alterações, com a saída da brasileira Petrobras, e a posterior tomada de posição da petrolífera italiana Eni, ao lado da portuguesa Galp, cujo presidente executivo anunciou esta segunda-feira a decisão.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!