Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Encontrado corpo de emigrante português que terá matado o filho na Suíça

António Amadeu estava a ser procurado desde o passado dia 22 de setembro.
Correio da Manhã 29 de Setembro de 2019 às 14:31
António Amadeu
António Amadeu é um dos homens mais procurados pela polícia na Suíça. Autoridades portuguesas também estão em alerta
Amadeu António
António Amadeu
António Amadeu é um dos homens mais procurados pela polícia na Suíça. Autoridades portuguesas também estão em alerta
Amadeu António
António Amadeu
António Amadeu é um dos homens mais procurados pela polícia na Suíça. Autoridades portuguesas também estão em alerta
Amadeu António
Foi encontrado este domingo o corpo do emigrante português, António Amadeu, que terá matado o próprio filho, o pequeno Thomas, na Suíça. O homem estava a ser procurado desde o passado dia 22 de setembro.

A informação é avançada pelo jornal "Tribune de Genève" que avança que o homem foi encontrado sem vida na manhã deste domingo em Genebra, perto da ponte de Peney no rio Ródano.

O alerta para o desaparecimento da criança tinha sido dado pela mãe, que estava separada do pai, ao que tudo indica, devido a violência doméstica.

A mulher, lusodescendente de segunda geração, estranhou o facto de o ‘ex’ não ter entregado o filho às 19h00 de domingo, como combinado.

Deu o alerta à polícia, que horas depois encontrou o carro do homem, abandonado, na barragem. Os bombeiros descobriram o corpo do menino já na madrugada de domingo para segunda-feira. No local esteve na passada terça-feira um altar, com velas e um peluche.

A secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas afirma ao CM que "a ocorrência relativa ao falecimento de um menino, filho de cidadãos portugueses, residentes na Suíça, está a ser acompanhada pelo Consulado Geral de Portugal em Genebra".

O cônsul Bruno Paes Moreira "contactou a mãe e apresentou condolências".
Suíça Thomas demografia questões sociais emigrantes morte
Ver comentários