Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Aluna suspensa por denunciar que escola não cumpre medidas de segurança contra o coronavírus

Jovem divulgou imagem de multidão aglomerada em corredores, sem distanciamento nem máscaras, que depressa se tornou viral.
Correio da Manhã 7 de Agosto de 2020 às 15:53
Hannah tirou fotografia que mostra multidão nos corredores da escola
Hannah tirou fotografia que mostra multidão nos corredores da escola FOTO: DR

Nos EUA a reabertura das escolas já foi decretada e acontece um pouco por todo o país, com milhões de alunos a regressarem às salas de aula após o encerramento a que a pandemia do novo coronavírus obrigou. A medida tem estado envolta em polémica, com muitos pais a temerem que as regras de segurança e prevenção da transmissão da Covid-19 não sejam devidamente cumpridas pelos alunos e pelas escolas. Foi precisamente por denunciar o incumprimento das recomendações feitas pelas autoridades de saúde na sua escola, que uma aluna da Escola Secundária de North Paulding, em Dallas, na Georgia, acabou suspensa.

Hannah Watters regressou às aulas e ficou amedrontada quando, ao sair da sala, verificou que os alunos não respeitavam a distância física e muito poucos, quase nenhuns, usavam máscara no interior dos corredores. Tirou uma fotografia, que se tornou viral entre a comunidade local mas, ao fim de dois dias sem mudanças de comportamento dos alunos ou reforço das medidas na escola, a jovem resolveu divulgar amplamente a realidade vivida naquela escola.

"Estava preocupada com a segurança de todas as pessoas, naquele edifício e em toda a nossa região, porque as precauções, medidas preventivas e recomendações do Centro para o Controlo e Prevenção de Doenças (CDC), que nos estão a ser comunicadas há meses, não estavam a ser cumpridas", conta a jovem suspensa à CNN. 

A escola argumenta que Hannah violou três regras de funcionamento (uso de telemóvel durante o período letivo, uso de telemóvel na escola para estar em redes sociais e captação de imagens de alunos para serem difundidas em redes sociais, e que por isso a suspensão é justificada. O diretor, o superintendente Brian Otott, descreve em comunicado que a fotografia foi tirada fora do contexto. 

"A mudança de salas na escola são um desafio quando estamos a tentar a manutenção de um horário específico. Temos trabalhado nesta área, numa nova realidade, para encontrar formas práticas de evitar que os alunos se concentrem nos corredores. Os alunos estão neste corredor apenas por um período de tempo muito reduzido, até chegarem à sala de aula seguinte. Admito que a foto não pareça bem, mas o uso de máscara é uma escolha pessoal e não há forma de obrigar ao seu uso no nosso estabelecimento", afirma o responsável.

Hannah diz que não estão em causa os "cinco minutos" que os alunos estão naquele corredor entupido, mas sim a quantidade de alunos que se cruzam naquele local e noutros, várias vezes ao dia, sem seguir as recomendações de prevenção da transmissão do novo coronavírus.

A fotografia de Hannah depressa se tornou viral e a jovem tem recebido rasgados elogios pela coragem de denunciar uma situação que pode por em risco os alunos daquela e de outras escolas. A imagem tem dado força ao debate sobre se devem ser impostas regras nas escolas, se se devem manter abertas ou se podem manter o seu funcionamento, com outras medidas a aplicar.

Sobre a suspensão, Hannah mostra-se pouco preocupada: "É um problema bom e necessário, que justifica tudo o que fiz. Isto é pela segurança de todos, porque atrás de cada professor, de cada aluno, de cada funcionário, há uma família, há amigos, que merecem estar todos seguros", termina.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)