Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Calor abrasador aquece Europa e temperaturas atingem números históricos

Na Alemanha, os termómetros já subiram aos 42 graus.
Correio da Manhã 25 de Julho de 2019 às 18:39
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor na Holanda
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor na Holanda
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor abrasador na Alemanha
Calor na Holanda
O calor abrasador tem atingido muito países da Europa esta semana e na Alemanha, por exemplo, as temperaturas já chegaram aos 42 graus, tal como dá conta o Serviço Meterorológico alemão. 

São muitas as pessoas que têm optado por ficar nas fontes para se refrescarem, tal como acontece na cidade de Lingen, no distrito de Emsland, o lugar mais quente da Alemanha.

O Serviço Meteorológico prevê que as temperaturas ainda voltem a aumentar durante a tarde naquela cidade alemã. Mas não é só. Em Paris, por exemplo, os termómetros atingiram os 42,4 graus, um dos recordes da história. No entanto as temperaturas podem ainda atingir os 43 graus esta semana. 

Por outro lado, as temperaturas na cidade de Beitem, na Bélgica, são um pouco mais baixas, mas não muito, com os termómetros a subirem aos 40,4 graus. Esta é a temperatura mais elevada do país desde 1833.

Na Holanda, mais concretamente na cidade de Gilze-Rijen, as termómetros chegram aos 40,4 graus.


Europa Alemanha Serviço Meterorológico
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)