Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Cinquenta norte-coreanos abandonam Angola

Luanda refere "coincidência" entre saída e resolução da ONU a pedir sanções contra Pyongyang.
20 de Novembro de 2017 às 19:21
Angola
Angola FOTO: Direitos Reservados

Um grupo de 50 trabalhadores norte-coreanos acaba de abandonar Angola onde estariam a trabalhar na construção de monumentos. A saída acontece no momento em que a Organização das Nações Unidas (ONU) pediu a Luanda o cumprimento da resolução 2371 do Conselho de Segurança que determina a imposição de sanções às empresas da Coreia do Norte a operar fora do país.

Citado pelo Jornal de Angola, que divulgou a notícia, o secretário de estado angolano das relações exteriores diz que a saída dos norte-coreanos agora é uma "coincidência". Teté António, que testemunhou no aeroporto internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, a partida dos trabalhadores referiu que a saída se verifica porque o contrato de trabalho chegou ao fim.

O governante afirmou na altura que não há qualquer corte de relações entre Luanda e Pyongyang: "É um país amigo que nos acompanhou ao longo da nossa História e, por isso, as relações mantêm-se".

Coreia do Norte Angola ONU Teté António Luanda Conselho de Segurança
Ver comentários