Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Espanha restringe venda de analgésico turistas após 10 britânicos terem morrido

O medicamento vende-se em Portugal, onde há registo de 11 casos de reação adversa.
7 de Novembro de 2018 às 13:37
Dez britânicos morrem após tomarem analgésico espanhol
Nolotil
Dez britânicos morrem após tomarem analgésico espanhol
Nolotil
Dez britânicos morrem após tomarem analgésico espanhol
Nolotil
Pelo menos dez britânicos morreram após terem tomado um dos analgésicos mais populares de Espanha que é proibido no Reino Unido. A droga em questão é o medicamento Nolatil, fabricado em Barcelona, e que terá provocado reações extremas em britânicos que o adquiriram em Espanha.

Segundo avança o jornal The Sunday Times, a empresa reguladora do medicamento em Espanha confirmou que uma investigação sobre os riscos e efeitos colaterais foi aberta. 

De acordo com o mesmo jornal, mais de 100 britânicos e irlandeses, assim como turistas em Espanha, sofreram efeitos colaterais devastadores após tomarem o medicamento. 

O medicamento não pode ser receitado em muitos países, nomeadamente nos Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a Suécia.

Segundo o Observador, fonte do Infarmed revelou que foram detetados 11 casos de reações adversas em Portugal, mas não há registo de alguma morte.

As causas de tantos britânicos terem sofrido reações extremas ao medicamento  - com queda abrupta das defesas do organismo, múltiplas infeções e septicemia - não estão ainda apuradas. Especialistas admitem que questões genéticas podem estar relacionadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)