Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Doze feridos do acidente de comboio continuam internados

Nenhuma das pessoas internadas corre perigo de vida.
9 de Setembro de 2016 às 17:53
49 ficaram feridas no descarrilamento do comboio em O Porriño
49 ficaram feridas no descarrilamento do comboio em O Porriño FOTO: Salvador Sas/EPA
O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, informou que 12 pessoas feridas no acidente desta sexta-feira do comboio Celta em Porriño, na Galiza, continuam hospitalizadas, mas sublinhou que nenhuma corre perigo de vida.

"O importante agora é que as pessoas feridas recuperem com a celeridade possível e que se possa restabelecer a circulação [ferroviária] com a maior celeridade", acrescentou Rajoy, durante uma visita ao local do acidente.

O líder do Governo espanhol apresentou ainda condolências aos familiares das quatro vítimas mortais, entre as quais um português, que era o maquinista do comboio.

Agradeceu também às organizações de socorro, que "em 12 minutos" já estavam no local.

Rajoy disse ainda esperar que a investigação ao acidente "diga exatamente o que aconteceu e quais foram as causas".

Segundo o vice-cônsul de Portugal na Galiza, Manuel Correia da Silva, três dos feridos são portugueses, mas dois já tiveram alta hospitalar.
Mariano Rajoy Galiza comboio acidente feridos Manuel Correia da Silva
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)