Laura morreu na explosão em Paris durante viagem surpresa oferecida pelo marido

Espanhola, de 38 anos, viajava pela primeira vez ao estrangeiro.
14.01.19
A viagem foi planeada ao pormenor por Luis Miguel Fontán Brea, marido da espanhola que morreu no passado sábado na explosão de uma padaria em Paris, França. 

Na passada sexta-feira Luis levou a mulher - com quem tem três filhos - até ao aeroporto de Barajas sem nunca lhe revelar o destino. Deixou os três filhos que têm entre quatro e nove anos com a mãe da mulher, fez as malas e levou Laura naquela que seria uma viagem surpresa sem os filhos pela primeira vez.

Era a primeira vez que Laura Sanz Nombela, de 38 anos, se aventurava no estrangeiro, segundo avança o jornal espanhol El Mundo. 

Laura trabalhava na mesma empresa de supermercados, La Despensa , em Toledo há 17 anos e nunca tinha tido a oportunidade de viajar: "Ela trabalhava muito. Era a primeira vez que viajavam sozinhos, e a primeira no estrangeiro, um fim de semana, apenas três dias", descreve o El Mundo. 

No passado sábado, antes das 9h00 da manhã, no hotel que ele reservara em segredo, Laura e Luis Miguel sentiram um cheiro intenso a gás. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!