Sub-categorias

Notícia

EUA admitem novos ataques na Síria

Repetição de ataques químicos desencadeará retaliação militar. Putin adverte para “caos global”.
Por Ricardo Ramos|16.04.18
  • partilhe
  • 3
  • +
Os Estados Unidos estão preparados para levar a cabo novos ataques na Síria se o regime de Bashar al-Assad voltar a usar armas químicas contra a população civil. A garantia é da embaixadora norte-americana na ONU, Nikki Haley, e foi este domingo reiterada pelos aliados britânicos e franceses, apesar dos avisos da Rússia de que uma nova ação militar como a da madrugada de sábado "criará o caos global".
O rasto de destruição causado por ataque na Síria

"Temos as armas prontas e carregadas", avisou Haley, que garantiu que as tropas norte-americanas estacionadas na Síria e os meios aéreos e navais mobilizados na região "não serão retirados antes de cumprirem todos os objetivos": garantir que as armas químicas não voltam a ser usadas contra civis, que o Daesh é derrotado e monitorizar de perto as intenções do Irão na região.

Uma posição reforçada pelo chefe da diplomacia do Reino Unido, Boris Johnson, que frisou mais uma vez que a intervenção aliada, que resultou na destruição total de três alvos ligados ao programa de armas químicas do regime de Damasco, "não visa provocar uma mudança de regime nem alterar o curso do conflito na Síria". "De momento, não existe nenhuma proposta para voltar a usar a força, mas se o regime for louco o suficiente para lançar outro ataque químico essa opção será revista", garantiu Johnson.
As fotografias que marcam o ataque conjunto à Síria

O presidente russo, Vladimir Putin, que apoia o regime de Bashar al-Assad e denunciou o ataque à Síria como "ilegal", frisou ontem que nova ação militar dos aliados "irá inevitavelmente conduzir a uma situação de caos nas relações internacionais".

Assad denuncia "ato de agressão" 
O presidente sírio Bashar al-Assad disse ontem que os ataques contra o seu país foram "um ato de agressão" acompanhado por uma "campanha de desinformação internacional".



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!