Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

FESTA GORDA EM ESPANHA

Andou à roda a ‘sorte’ que, verdadeiramente, marca o início da época de Natal em Espanha. Centenas de espanhóis festejaram nas ruas a conquista de fracções dos 1,8 mil milhões de euros distribuídos pelo “El Gordo”, uma das maiores lotarias no Mundo. O prémio foi repartido por proprietários de fracções em Valência, La Coruña, San Seabstian e Sort, muitos dos quais fizeram a sua aposta através da Internet.
23 de Dezembro de 2003 às 10:04
Ontem, durante três horas, os espanhóis pararam, colados aos rádios e à televisões, à espera de conhecer os números mágicos que, todos os anos, transformam o Natal de uns em festa e de outros em dívidas. As apostas foram altas. Os espanhóis gastaram um total de 2,5 mil milhões de euros em apostas no “El Gordo” deste ano, uma média de 60 euros por apostador. A sorte calhou ao número 42.473.
Xavier Gabriel, da administração da famosa casa da sorte de Sort “La Bruixa d’Or” (A Bruxa de Ouro), disse à agência espanhola EFE que 65% das fracções premiadas foram vendidas na Catalunha. Muitos espanhóis deslocam-se anualmente a Sort para aí comprarem as suas cautelas para o “El Gordo”, uma vez que a casa “La Bruixa d’Or” tem tradição na sorte de Natal e é a casa que maior número de cautelas vende para o “El Gordo”.
LOTARIA TRIUNFA NA INTERNET
Este ano, “La Bruixa d’Or” vendeu metade das cautelas através da Internet e foi através desse meio que foram adquiridas todas as cautelas premiadas com o primeiro número comercializadas por aquela casa. Também a “Casa Nº 2” em Valência, que distribuiu 94 milhões de euros em prémios, vendeu 5% das cautelas com o primeiro número através da Internet.
Quando, no ano passado, a “La Bruixa d’Or” venceu um duelo de intenções com as Finanças espanholas por vender lotaria na Internet poucas eram as casas que o faziam. Este ano, calcula-se que dez por cento do total de apostas para o “El Gordo” foram feitas através da Internet.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)