Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Filho de Bolsonaro diz que "por vias democráticas" o Brasil vai demorar a entrar nos eixos

Carlos garante que tudo o que o governo tenta fazer para melhorar o Brasil é boicotado por "grupelhos".
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 11 de Setembro de 2019 às 11:50
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil FOTO: Reuters

Numa mensagem publicada no Twitter e que deixou muita gente apreensiva por parecer reforçar suspeitas de que o pai tem um projecto de poder ditatorial, Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, afirmou que o Brasil vai demorar muito para entrar nos eixos se continuar a seguir pelas vias democráticas. Carlos é o filho que Bolsonaro mais ouve e o mais próximo ao presidente, que fez questão de o levar a seu lado no Rolls-Royce presidencial nos desfiles da tomada de posse, em 1 de janeiro, e do Dia da Independência, no passado sábado.

"Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos. Só vejo todo o dia a roda a girar sobre o próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam a dominar de formas diferentes.", escreveu Carlos Bolsonaro, aparentemente defendendo uma via não democrática para a solução dos graves problemas que o Brasil enfrenta e que o seu pai até agora não conseguiu enfrentar de forma eficaz.

Na mesma linha do pai presidente, Carlos, vereador no Rio de Janeiro e o mais ativo da família nas redes sociais, acrescentou que tudo o que o governo tenta fazer para melhorar o Brasil é boicotado por "grupelhos", que não especificou. Jair Bolsonaro tem repetido com insistência que o seu governo tem sido atrapalhado e que não conseguiu ainda concretizar uma política que solucione os problemas do país porque outras forças, nomeadamente o Congresso, o Supremo Tribunal e o Ministério Público se "metem em tudo" e não o deixam fazer o que gostaria, posição que Carlos endossou no twitter.

"O governo Bolsonaro vem desfazendo absurdos que nos meteram no limbo e tenta nos recolocar nos eixos. Mas o enredo contado por grupelhos e os motivos cada vez mais claros são lamentavelmente rapidamente absorvidos por inocentes. Os avanços ignorados e os malfeitores esquecidos", completou Carlos Bolsonaro, cujas declarações geraram uma avalanche de críticas e de respostas lembrando que foi a democracia que ele critica que permitiu a eleição de um radical de extrema-direita como Jair Bolsonaro.

Jair Bolsonaro Carlos Bolsonaro Brasil Twitter Rolls-Royce Dia da Independência política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)