Golfinho vive abandonado num parque aquático fechado há nove meses

Animal tem a companhia de quase meia centena de pinguins, num parque de Choshi, Japão.
22.09.18

Um drone sobrevoou o antigo parque aquático de Inubosaki, no Japão e captou imagens de um golfinho numa piscina abandonada. O animal já vive ali há nove meses. O espaço foi encerrado no início do ano, mas dezenas de aninais ficaram para trás. Ali vivem 46 pinguins, na cidade de Choshi, no Japão.

Marine Park Aquarium encerrou em janeiro deste ano por problemas financeiros e os responsáveis do parque acabaram por não conseguir assegurar a sobrevivência e bem-estar dos animais, deixando alguns deles abandonados no parque falido.

De acordo com o The Telegraph, no espaço ainda vivem, para além do golfinho e dos pinguins, centenas de peixes e répteis que vagueiam pelos aquários. Os antigos funcionários do parque têm alimentado os animais frequentemente, o que permite que eles se mantenham vivos depois de terem sido abandonados.

A população local e as associações protetoras dos animais mostram-se revoltadas com a situação e apelam a que os animais sejam salvos, depois de as imagens captadas pelo drone se tornarem virais.

A operadora de parques aquáticos de Inubosaki, em Choshi, fechou a instalação em janeiro devido a uma quebra nas visitas que veio acenturar-se desde o terramoto e a crise nuclear de 2011, no Japão.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De portuense23.09.18
    E dizem que os japoneses são pessoas culturalmente educadas. Eles têm é arte em esconder as maldades. Espera-se que o governo japonês mande prender os responsáveis pelo abandono e mande entregar os animais a um zoológico ou então devolvê-los à natureza.
1 Comentário
  • De portuense23.09.18
    E dizem que os japoneses são pessoas culturalmente educadas. Eles têm é arte em esconder as maldades. Espera-se que o governo japonês mande prender os responsáveis pelo abandono e mande entregar os animais a um zoológico ou então devolvê-los à natureza.
    Responder
     
     1
    !