Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Homem corta e come a mãe com a ajuda do cão

Amiga da vítima avisou as autoridades do desaparecimento, em Espanha.
Rita F. Batista 24 de Fevereiro de 2019 às 09:59
Alberto Sánchez Gómez foi detido pela polícia e já assumiu o crime
Guardia Civil
Guardia Civil
Alberto Sánchez Gómez foi detido pela polícia e já assumiu o crime
Guardia Civil
Guardia Civil
Alberto Sánchez Gómez foi detido pela polícia e já assumiu o crime
Guardia Civil
Guardia Civil
Um homem de 26 anos foi detido na quinta-feira pela Polícia Nacional espanhola, em Madrid, por suspeitas de ter matado e comido partes do corpo da mãe, depois de a esquartejar.

O cenário demoníaco com que as autoridades se depararam foi difícil de encarar até para os próprios agentes da polícia. Alberto Sánchez Gómez tinha o corpo da mãe partido aos pedaços dentro de recipientes. Depois de ser confrontado pela polícia, o suspeito acabou por assumir que esquartejou a mãe e comeu partes do corpo com a ajuda do cão.

Foi uma amiga próxima de María Soledad Gómez, de 66 anos, que deu pela falta da vítima. Já há um mês que nada sabia de María e, por isso, decidiu alertar as autoridades para a possibilidade de ter acontecido alguma coisa. Depois de receber o alerta, a polícia foi até à casa da mulher desaparecida.

Quem a recebeu foi o filho que, quando questionado sobre o paradeiro da mãe, deu uma resposta confusa e cheia de contradições que levantou suspeitas. A polícia pediu para entrar na casa e deparou com o cenário de horror: recipientes com carne humana espalhados pela casa.

No bairro onde o suspeito e a vítima viviam eram conhecidos os maus-tratos que María Gómez sofria por parte do filho. A mulher já tinha denunciado a situação às autoridades pelo menos 12 vezes.
Madrid Polícia Nacional Alberto Sánchez Gómez María Soledad Gómez crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)