Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Óscar especial para Alejandro González Iñárritu por curta de realidade virtual

Direção da Academia tomou a decisão "em reconhecimento de uma experiência narrativa e visionária poderosa".
Lusa 29 de Outubro de 2017 às 01:04
Alejandro González Iñárritu
Alejandro González Iñárritu
Alejandro González Iñárritu
Alejandro González Iñárritu
Alejandro González Iñárritu
Alejandro González Iñárritu
Alejandro González Iñárritu
Alejandro González Iñárritu
Alejandro González Iñárritu
O realizador mexicano Alejandro González Iñárritu vai receber um Óscar especial pela curta-metragem "Carne y Arena", que o fez aventurar-se na realidade virtual, anunciou a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, que atribui os Óscares.

A direção da Academia tomou a decisão "em reconhecimento de uma experiência narrativa e visionária poderosa".

"A direção está orgulhosa de atribuir este Óscar especial a 'Carne y Arena', na qual Iñárritu e o seu diretor de fotografia, Emmanuel Lubezki, nos abriram novas portas à perceção cinematográfica", refere o presidente da Academia, John Bailey em comunicado.

Alejandro González Iñárritu e Emmanuel Lubezki uniram talentos para criarem uma experiência artística na qual a realidade virtual e o simbolismo colocam o espetador na pele dos imigrantes ilegais que atravessam a fronteira dos Estados Unidos a partir do México.

No filme, o espetador passa a fazer parte do drama da imigração através da realidade virtual, que o transporta ao momento da detenção de um grupo de pessoas que tenta entrar ilegalmente nos Estados Unidos.

Baseado em testemunhos de vários imigrantes, a curta-metragem foi apresentada pela primeira vez em maio no Festival de Cinema de Cannes, em França, tornando a 70.ª edição do certame na primeira em que foi exibido um filme de realidade virtual.

Para o presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos trata-se de "uma experiência artística multimédia e cinematográfica profundamente emocional".

A estatueta dourada será entregue ao realizador mexicano em 11 de novembro, em Hollywood, na cerimónia de entrega dos Óscares honorários.

Alejandro González Iñárritu, de 54 anos, é responsável por filmes como "Amor Cão", "21 Gramas", "Biutiful", "Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)" e "The Revenant: O Renascido". Os dois últimos valeram-lhe Óscares de Melhor Realizador.
Ver comentários