Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Polícia que desapareceu em tsunami há 16 anos encontrado em hospício na Indonésia

Autoridades locais vão perceber a veracidade dos factos junto da família,
Correio da Manhã 18 de Março de 2021 às 18:25
Tsunami Indonésia
Tsunami Indonésia FOTO: Reuters

Um polícia que foi dado como desaparecido após o tsunami submarino - que provocou milhares de desaparecidos - que atingiu o Oceano Índico em 2004, com epicentro na Indonésia, terá sido agora encontrado num hospital psiquiátrico. Zainal Abidin, também conhecido como Asep, estava registado, entre milhares de pessoas, como desaparecido quando o tsunami atingiu a região a 26 de dezembro daquele ano. 

A polícia informou que, em 2009, um homem encontrou Asep a vaguear numa aldeia e que acabou por levá-lo para um hospício, dada a sua condição mental. A sua identidade não era conhecida na época e ele continuou no hospital porque os moradores daquela aldeia se recusaram a recebê-lo, avança o jornal britânico The Daily Mirror.

Ainda há muito por revelar, mas, recentemente, a polícia local começou a suspeitar que o paciente era Zainal. Uma fotografia que começou a ser divulgada nas redes sociais ao lado de uma outra fotografia antiga terá sido crucial para a identificação do homem.

Após uma investigação, a Polícia de Aceh quase confirmou que encontrou o homem. No entanto, são necessárias outras averiguações, que já estão a ser feitas.

"Vamos perceber a veracidade dos factos junto da família. Iremos também realizar um teste de ADN do paciente, bem como a análise de impressões digitais e outros métodos de identificação", garantiu o porta-voz da polícia local.

O tsunami conhecido como 'Boxing Day' foi um dos piores desastres naturais registados na história. Matou cerca de 220 mil pessoas em todo o Oceano Índico. Aceh, na Indonésia, foi a região mais atingida, com quase 170 mil mortos e cerca de 38 mil desaparecidos na província.

 

Oceano Índico Zainal Abidin Indonésia Asep acidentes e desastres questões sociais
Ver comentários