Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Segundo polícia hospitalizado no caso do espião envenenado em Inglaterra

Ataque com agente nervoso a Sergei Skripal já tinha levado ao internamento de outro agente.
Lusa 22 de Março de 2018 às 15:12
Sergei Skripal
Skripal e a filha numa anterior visita ao restaurante
Yulia, a filha de Sergei Skripal
Sergei Skripal
Skripal e a filha numa anterior visita ao restaurante
Yulia, a filha de Sergei Skripal
Sergei Skripal
Skripal e a filha numa anterior visita ao restaurante
Yulia, a filha de Sergei Skripal

Mais de duas semanas depois do ataque com um veneno à base de um agente nervoso, um segundo agente da polícia britânica foi hospitalizado, devido a sintomas de ter sido contaminado.

O antigo espião russo Sergei Skripal e a fiha, Yulia, continuam internados em estado muito grave depois de terem sido envenenados em Salisbury, a 4 de março.

Na altura, o primeiro agente da polícia que socorreu as vítimas foi internado com lesões graves. O jornal Mail avança esta quinta-feira que um segundo agente foi hospitalizado, embora com sintomas menores.

Lembre-se que o caso abriu uma guerra diplomática entre o Reino Unido e a Rússia, com os britânicos a responsabilizarem o governo de Putin pelo ataque. Foram expulsos 23 diplomatas russos do Reino Unido, ação que teve resposta semelhante em Moscovo, com o anúncio da expulsão de diplomatas britânicos.

Sergei Skripal Rússia Yulia Salisbury Putin Reino Unido Moscovo ataque veneno sergei skripal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)