Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Trump faz ameaça a generais de Maduro

Presidente dos EUA alertou que os militares não terão futuro se mantiverem apoio ao líder.
Francisco J. Gonçalves 20 de Fevereiro de 2019 às 01:30
Trump discursou em Miami ante membros da comunidade venezuelana e elogiou a coragem dos que combatem Maduro
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Trump discursou em Miami ante membros da comunidade venezuelana e elogiou a coragem dos que combatem Maduro
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Trump discursou em Miami ante membros da comunidade venezuelana e elogiou a coragem dos que combatem Maduro
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
O presidente Donald Trump fez esta terça-feira um aviso claro às chefias militares venezuelanas, alertando-as de que, caso mantenham o apoio ao presidente Nicolás Maduro, "não terão porto seguro, nem uma saída fácil" e põem risco "as suas vidas e o seu futuro".

Repetindo ameaças de uma possível intervenção militar, Trump disse ainda: "Queremos uma transição pacífica de poder, mas todas as opções estão em aberto."

As declarações ameaçadoras foram proferidas em Miami, Florida, ante os aplausos de centenas de cubanos, e sobretudo de venezuelanos, parte da vasta comunidade de cerca de 100 mil residentes oriundos daquele país que vivem no Sul da Florida.

Acompanhado pela mãe de Oscar Pérez, o piloto de helicóptero morto em Caracas em 2018 depois de encenar um ataque a edifícios do governo, Trump elogiou "a determinação de milhões de venezuelanos, o patriotismo da Assembleia Nacional e a coragem do presidente interino Juan Guaidó", que os EUA e 50 outros países já reconheceram como líder legítimo.

Maduro respondeu, acusando o presidente dos EUA de usar um "estilo quase nazi" e de agir como "se fosse dono" da Venezuela.

PORMENORES 
Ajuda russa chega hoje
O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, confirmou que hoje vão chegar "de forma legal, ao aeroporto de Caracas", 300 toneladas de ajuda humanitária provenientes da Rússia. Maduro garante que esta ajuda foi paga pelo seu governo.

Guaidó desafia Maduro
Juan Guaidó, o autodesignado presidente interino da Venezuela, vai tentar no sábado fazer entrar na Venezuela as toneladas de ajuda humanitária dos EUA à espera numa cidade colombiana. Maduro recusa deixar entrar esses alimentos alegando que "estão contaminados".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)