Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

António Costa desafia deputados a limpar florestas

PM e Presidente vão participar em ação nos dias 24 e 25 de março. Anunciados reforços de Sapadores e GNR.
15 de Março de 2018 às 15:32
António Costa
Limpeza de matas ainda está longe de ficar concluída
Limpeza de matas
Incêndio de 2016 fustigou a floresta em Arouca e São Pedro do Sul. Conclusões foram remetidas ao Ministério Público
António Costa
Limpeza de matas ainda está longe de ficar concluída
Limpeza de matas
Incêndio de 2016 fustigou a floresta em Arouca e São Pedro do Sul. Conclusões foram remetidas ao Ministério Público
António Costa
Limpeza de matas ainda está longe de ficar concluída
Limpeza de matas
Incêndio de 2016 fustigou a floresta em Arouca e São Pedro do Sul. Conclusões foram remetidas ao Ministério Público
O debate quinzenal com o governo que decorre esta quinta-feira na Assembleia da República começou com um apelo pouco habitual de António Costa.

O primeiro-ministro lembrou que o Governo vai estar "numa grande ação de limpeza da floresta nos próximos dias 24 e 25 de março" e sublinhou que tanto Marcelo Rebelo de Sousa como o Presidente do Parlamento vão participar.

Um convite que é extensível aos deputados: "Deixo aqui o desafio a todas as bancadas a juntarem-se a nós para fazer de março o grande mês da limpeza da floresta", disse António Costa.

600 GNR mobilizados para combate a fogos

Num tom mais formal, o primeiro ministro anunciou medidas sobre o combate aos fogos, como o concurso aberto para recrutar 500 sapadores florestais ou a mobilização de 600 militares da GNR para ajudar na prevenção e combate a fogos. O polémico sistema de comunicações SIRESP também será reforçado.

De acordo com o primeiro-ministro no próximo verão, no terreno, estarão "mais 600 elementos da GNR, 79 EIP's [Equipas de Intervenção Permanente], aos quais se juntam 200 novos guardas florestais, assim como os efetivos das Forças Armadas necessários para reforçar o dispositivo".

Ver comentários