Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Governo nega falha e diz deter posição determinante na SIRESP

Secretário de Estado da Proteção Civil assistiu à chegada da missão portuguesa de apoio ao combate aos incêndios na Suécia.
Lusa 2 de Agosto de 2018 às 20:08
José Artur Neves
SIRESP
Carrinha do sistema de comunicações SIRESP
José Artur Neves
SIRESP
Carrinha do sistema de comunicações SIRESP
José Artur Neves
SIRESP
Carrinha do sistema de comunicações SIRESP

O secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, afirmou esta quinta-feira que o Estado "não falhou" e que detém uma "posição determinante" na gestão do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP).

"O Estado não falhou na resolução que assumiu no conselho de ministros de 21 de outubro. Decidiu o Governo que iria assumir uma posição relevante na estrutura acionista da SIRESP e cumpriu. Com esta solução o Estado garante o presidente do conselho de administração da empresa e garante dois administradores executivos em três", salientou o governante no Centro de Meios Aéreos de Vila Real, onde assistia à chegada da missão portuguesa de apoio ao combate aos incêndios na Suécia.

José Artur Neves foi questionado pelos jornalistas sobre as críticas e os pedidos de explicação dos vários partidos, como o PSD, CDS, PCP e BE sobre a rede SIRESP, detido maioritariamente pela operadora de telecomunicações Altice.

Ver comentários