Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

112 vai ter call center centralizado

Carros que alertam para uma situação de emergência sem ser necessária a intervenção do condutor ou sistemas de localização que permitem saber desde logo de onde está a ser feita uma chamada de emergência são duas das novas valências previstas para o novo sistema da linha 112, que deverá começar a funcionar em Portugal a partir de 2008.
28 de Agosto de 2007 às 00:00
Actualmente, o serviço de emergência está dividido em 22 centrais – 18 em cada um dos distritos do continente , três nos Açores e um na Madeira. As chamadas são actualmente geridas pela PSP, que encaminha os pedidos de socorro dirigidos aos bombeiros e ao INEM.
O novo modelo – para o qual já está prevista uma verba no orçamento de Estado para 2008 – parte da criação de um ‘Call Center’ centralizado, onde os pedidos de ajuda serão avaliados por elementos da PSP, GNR e da Autoridade Nacional de Protecção Civil, em coordenação com o Ministério da Saúde.
As centrais em actividade já estão equipadas com sistemas de geolocalização, que permitem saber de onde são feitas as chamadas, mas esta tecnologia ainda está em fase de testes e nem sempre funciona. Quanto aos alertas automáticos emitidos por chips instalados nos automóveis, devem começar a funcionar nos veículos fabricados a partir de 2009.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)