15 militares prontos para conduzir camiões-cisterna de combustível

Para que os militares sejam mobilizados, o Governo terá de aprovar uma portaria.
Por Lusa|17.04.19
As Forças Armadas colocaram 15 militares em grau de prontidão para conduzirem camiões de transportes de combustíveis, se tal se tornar necessário, disse à agência Lusa fonte ligado ao processo.

A notícia foi avançada na edição do Público desta quarta-feira e confirmada à Lusa por fonte envolvida no processo, no âmbito da greve dos motoristas de matérias perigosas.

De acordo com a mesma fonte, são oito militares do Exército, cinco da Força Aérea e dois da Marinha que foram identificados para, caso seja necessário, procederem à "satisfação urgente de necessidades básicas" da população, como é o caso da utilização dos combustíveis.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!