Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Português e filho detidos em França suspeitos de proxenetismo e tráfico de seres humanos

Suspeitos estão em detenção provisória em Lyon enquanto decorre a fase de instrução do processo, na qual pode ser feita uma investigação em Portugal.
Lusa 24 de Outubro de 2017 às 10:24
Polícia francesa
Polícia francesa
Polícia francesa
Polícia francesa
Polícia francesa
Polícia francesa
Um português, de 60 anos, e o filho lusodescendente, de 37 anos, foram detidos na cidade francesa de Lyon e acusados de "proxenetismo agravado, tráfico de seres humanos, associação criminosa e branqueamento", disse à lusa fonte judiciária.

Os suspeitos, que negaram as acusações, estão em detenção provisória em Lyon enquanto decorre a fase de instrução do processo, na qual pode ser feita uma investigação em Portugal.

A mesma fonte precisou que o suspeito português teria constituído um património imobiliário de "cerca de um milhão e seiscentos mil euros" em Portugal e de "cerca de um milhão de euros" em França.

A investigação começou em 2015 mas "a fase mais ativa" arrancou em maio deste ano, de acordo com a mesma fonte, que precisou que o suspeito de nacionalidade portuguesa nasceu em 1957 e o seu filho em França em 1980.

A notícia foi divulgada pelo jornal regional Le Progrès que, na sexta-feira, titulava "Reformado fez fortuna com alojamento de prostitutas", adiantando que "um reformado e o seu filho são suspeitos de terem acumulado milhões de euros ao arrendar apartamentos, por vezes, sórdidos, a prostitutas que pagavam em dinheiro".

O jornal indicou que os suspeitos, detidos há uma semana, afirmaram ignorar a atividade dos inquilinos, e acrescentou que os "cerca de 30 apartamentos" que detinham em Lyon seriam arrendados por "até 700 euros por semana a prostitutas", o que lhes teria permitido "juntar cerca de 400.000 euros por ano".
França Lyon Portugal Le Progrès Reformado questões sociais política prostituição demografia emigrantes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)