Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Abusa sexualmente da enteada de 15 anos

Menina é alvo de abusos há dois anos.
João Mira Godinho 16 de Maio de 2015 às 12:50
Caso aconteceu em Lagos
Caso aconteceu em Lagos FOTO: DR
Pelo menos desde 2013 que a menina, agora com 15 anos, era alvo de abusos sexuais por parte do padrasto. O homem, de 40 anos, foi agora detido pelo Departamento de Investigação Criminal (DIC) de Portimão da Polícia Judiciária, "pela prática dos crimes de abuso sexual de menores dependentes e de abuso sexual de crianças". Foi a segunda detenção daquele departamento por pedofilia, em três dias, na região do Algarve.

O caso aconteceu em Lagos, concelho onde o detido vivia com a mãe da criança. Quando estava sozinho com a menina em casa ou, noutras ocasiões, quando a mulher estava a dormir, à noite, apalpava-a e obrigava-a a masturbá-lo. O pesadelo prolongou-se ao longo de dois anos, até que a criança contou o que se passava.

O caso foi comunicado à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Lagos, que o encaminhou para o DIC de Portimão. A PJ adianta que o homem está "fortemente indiciado" da prática de abusos sexual e, por isso, avançou para a detenção, que ocorreu em Portimão. Presente ontem a tribunal, para primeiro interrogatório, o homem ainda estava a ser ouvido à hora de fecho desta edição.

Já na quarta-feira, também o DIC da PJ tinha detido, em Portimão, um outro homem, de 25 anos, por suspeitas de abuso sexual do próprio filho, de apenas 3 anos. Também nesta situação foi a criança a contar o que se passava. O caso chegou à CPCJ de Portimão, que o enviou para o DIC local. Após investigação, a Polícia Judiciária acabou por concretizar a detenção e, apesar de o homem negar o abuso sexual do menino, devido aos "fortes indícios" do crime recolhidos, ficou sujeito a prisão preventiva, como medida de coação, após ser presente a tribunal.
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)