Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Advogados eram cérebro de rede de falsificação de casamentos

Escritório em Odivelas passava certidões falsas que uniam portuguesas e paquistaneses.
M.C. 20 de Janeiro de 2019 às 09:42
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Alianças de casamento
Um escritório de advogados em Odivelas foi detetado como o cérebro, em Portugal, de uma rede de falsificação de casamentos para legalização de paquistaneses na União Europeia, em cujo desmantelamento participou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Inspetores realizaram uma busca neste local, na terça-feira, presidida por um magistrado judicial. Foram apreendidos 13 mil euros, material informático e prova que atesta que eram os advogados deste escritório a passarem as certidões falsas de casamento que uniam portuguesas e paquistaneses, permitindo a legalização dos homens.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)