Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Elite da PSP parte para a Venezuela para defender embaixada portuguesa

Elementos do GOE vão ainda promover a possível retirada de portugueses do país.
Miguel Curado 3 de Fevereiro de 2019 às 13:00
Polícias do Grupo de Operações Especiais
Polícias do Grupo de Operações Especiais FOTO: Lusa
Nove agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE) da PSP partiram em direção a Caracas a fim de proteger a embaixada portuguesa na Venezuela e ainda para promover potenciais situações de necessidade de retirada de portugueses do país. A polícia de elite viajou no Falcon, avião usado para viagens de Estado.

Os agentes desta unidade antiterrorista já tinham vindo a treinar para esta situação há cerca de três semanas, a pedido do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Devido ao agravamento da situação política e social na Venezuela, a partida teve de ser adiantada. 

Ao que o CM apurou, esta missão não tem ainda uma data para terminar, pelo que a polícia de elite deverá ficar no país até ordem em contrário.
Ver comentários